Principais tipos de investimento em renda variável

Conheça Os Principais Tipos De Investimento Em Renda Variável

Fazer investimento em renda variável podem ser uma oportunidade e tanto para quem quer aumentar o patrimônio. Porém, muitas pessoas têm medo de se aventurar nesses ativos, por causa dos riscos. Afinal, ninguém quer perder dinheiro, não é mesmo?

Mas fique tranquilo, porque com estratégia e um bom entendimento do mercado financeiro é possível investir com segurança e ter bons retornos. O primeiro passo para isso é ter clareza do que são esses ativos e conhecer as opções disponíveis. Continue lendo para saber mais!

Neste artigo você verá:

  • o que é investimento em renda variável?
  • principais tipos de investimento em renda variável.

O que é investimento em renda variável?

Investimento em renda variável é a arte de tentar prever o futuro. Parece estranho falar assim, mas quando você compra ações na Bolsa de Valores, por exemplo, naquele momento você não sabe quanto receberá de volta.

Você aplica esperando o melhor retorno possível, com base nas análises que faz da empresa e do mercado. Contudo, o valor ganho varia de acordo com esses fatores também.

Para ilustrar essa dinâmica, vamos supor que o setor de turismo e viagens estava se mostrando muito promissor e você comprou ações da CVC Brasil. 

Mas aconteceu uma coisa que ninguém esperava: o surgimento de um novo vírus que impede as pessoas de saírem de casa. Com isso, os papéis que você adquiriu caíram em até 60%. Foi justamente o que aconteceu em 2020!

Por outro lado, quem investiu em empresas de tecnologia, como a Magalu, teve ganhos muito acima do esperado com as ações MGLU3. Percebe como esse mercado é volátil?

Por isso, é importante aplicar o seu dinheiro de forma estratégica e sempre levando em conta os fatores que podem afetar um investimento, como:

  • inflação;
  • taxa de consumo de determinado produto ou serviço;
  • Produto Interno Bruto (PIB);
  • relações comerciais com outros países;
  • performance da empresa no mercado.

Para você que está querendo descobrir como começar a investir, pode parecer muita coisa para analisar. Por isso, neste momento, o ideal é contar com cursos de investimento. Com o tempo, você vai ganhando experiência, confiança e o mais importante: dinheiro.

Principais tipos de investimento em renda variável

Na hora de escolher os ativos que você vai aplicar, é interessante conhecer todas as opções disponíveis. 

Além disso, é fundamental saber o seu perfil de investidor ─ é isso que irá determinar quais investimentos em renda variável são mais adequados ao seu nível de tolerância aos riscos. 

Também é necessário ter em mente quais são as suas metas de ganho e quanto tempo pretende deixar o dinheiro investido.

Agora que você já sabe o que precisa saber na hora de montar a sua carteira de investimentos, confira os principais ativos em renda variável!

Ações

As ações da Bolsa de Valores são um dos investimentos em renda variável mais conhecidos. Elas significam a menor parcela do capital de uma empresa. Dessa forma, quem compra torna-se sócio. Existem duas formas de lucrar com esses ativos:

  • distribuição de dividendos: parte do lucro que as empresas repassam aos seus acionistas;
  • valorização dos papéis na Bolsa: lembra que falamos que o cenário econômico é imprevisível? Nesse sentido, dependendo do contexto, uma empresa pode ser bem ou mal vista no mercado. Essas oscilações refletem no valor das ações, que podem valorizar ou desvalorizar. Então, se você compra uma ação por um valor baixo, mas vende por um valor mais alto, você lucrou.

Fundos imobiliários (FIIs)

É comum pensar que os fundos imobiliários são investimentos da renda fixa ─ aqueles ativos que você tem certeza do quanto vai ganhar, no momento da negociação. Na verdade, as cotas dessas aplicações são negociadas no pregão da Bolsa, portanto, podem oscilar de acordo com a gestão da carteira ou das condições do mercado.

Os FIIs representam um conjunto de investidores que querem aplicar no setor imobiliário. Por isso, o mais comum é que o valor angariado seja destinado a construir ou adquirir imóveis que, posteriormente, serão alugados ou arrendados. 

Todo fundo tem um gestor, que cuida de como o dinheiro será gasto. O lucro adquirido nessas negociações é dividido igualmente entre os investidores.

Criptomoedas

Principais tipos de investimento de renda variável

As criptomoedas estão se tornando cada vez mais populares entre os investidores e para aplicar nelas é preciso recorrer a corretoras especializadas, chamadas exchange

As moedas digitais são códigos criados a partir da tecnologia de blockchain. O interessante desse sistema, é que as informações armazenadas lá não podem ser alteradas e qualquer transação é facilmente rastreada. 

Esses ativos também não são controlados por nenhum órgão regulatório, como o Banco Central. Dessa forma, o seu valor é determinado pela lei da oferta e da procura ou por algum fator externo.

Por exemplo, uma das principais criptomoedas, a Dogecoin ━ conhecida também como um “memecoin”, por ter um cãozinho que viralizou na internet como seu símbolo ━, viu seu valor disparar em 30% após um tweet do Elon Musk, no qual ele disse que a Tesla irá aceitar DODGE como pagamento. 

Para quem ainda não se sente seguro para investir ou está entrando agora nesse universo, o ideal é estudar bastante. Com isso, nós podemos te ajudar! Aprenda sobre aplicações financeiras com os manuais de investimento da Levante Ideias!

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Recomendado para você

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.