buyandholdsaibacomofuncionaesseestilodeinvestimento

Buy and Hold: saiba como funciona esse estilo de investimento

Se você já ficou com medo ao ver a Bolsa de Valores derreter nas cotações por conta da paralisação das atividades provocadas pela Covid-19, saiba que há um grupo de pessoas que nem se abalaram com isso: os investidores Buy and Hold.

Warren Buffet e Luiz Barsi, por exemplo, são tidos como grandes referências nesse segmento de investidores de renda variável, muito por conta da forma como operam no mercado e dos tipos de ações que alocam em suas carteiras.

Neste artigo, o propósito é apresentar o que é o investidor ‘Holder’, como a estratégia funciona, suas vantagens e erros que devem ser evitados. Prossiga na leitura e confira.

O que é Buy and Hold?

Quando se trata de investimentos, o primeiro aspecto que devemos observar é o perfil do investidor, até mesmo para que as pessoas não se precipitem em decisões equivocadas e impulsivas. Dentro da renda variável, especificamente nas ações, existe uma estratégia bem disseminada nos EUA e que ganha corpo aqui no Brasil: o conceito de Buy and Hold.

Em uma tradução livre e literal, o termo nos mostra que é preciso “comprar e manter”, cuja linha de raciocínio diz respeito aos objetivos de longo prazo. Ao contrário do do Day-Trade, que visa à busca incessante por ganhos em operações ágeis de compra e venda no mesmo dia, os Holders não veem razão em tanta pressa assim, pois entendem que a especulação não é uma maneira racional de investir de fato.

É uma estratégia indicada para aqueles que contam com um bom planejamento estratégico e financeiro, a fim de realizarem seus aportes em empresas muito bem selecionadas por conta de fatores como lucratividade e distribuição de proventos. No Buy and Hold, as pessoas não pensam apenas no dia, mas em ter as ações na carteira por meses e até anos, visando aos seus resultados futuros.

Como funciona na prática?

Os Holders enxergam que a análise fundamentalista é mais completa, pois dá uma luz quanto as melhores ações para fazer parte da carteira. As pessoas que se identificam com essa estratégia almejam, entre outros objetivos, gerar renda passiva, ou seja, obter ganhos a partir do recebimento de dividendos e juros sobre capital próprio das empresas.

Por meio de uma diversificação de ativos (sempre lembrando que não é bom colocar todos os ovos na mesma cesta) torna-se possível receber esses rendimentos provenientes da lucratividade das empresas quase todos os meses. Nada se altera quanto ao procedimento básico de compra no Home Broker, mas sim em relação ao comportamento dos investidores, pois quem visa ao longo prazo não se abala tão fácil.

Na prática, você comprará algum ativo porque entende a relevância daquela empresa na sua carteira devido ao poder de mercado, governança corporativa, relacionamento com os clientes e investidores, entre outros fatores essenciais. Quem foca em um plano Buy and Hold sabe muito bem que o mercado oscila, sendo que o crescimento das companhias não acontece de maneira linear.

Quais são as vantagens da estratégia Buy and Hold?

Tudo parece muito interessante até então, mas você ainda não se vê convencido(a) de que o Buy and Hold pode ser algo benéfico, não é verdade? Levando isso em consideração, resolvemos separar algumas das principais vantagens dessa estratégia.

Proporciona uma análise melhor dos ativos

Como os Holders focam mais na análise fundamentalista, que consiste em visualizar os balanços financeiros e a metodologia de gestão, torna-se comum que eles façam um planejamento bem apurado. Inclusive, muitas carteiras de pessoas voltadas para o longo prazo contam com as maiores ações da bolsa de valores, isto é, aquelas que apresentam indicadores positivos e são líderes em seus setores.

Ajuda a esquecer as oscilações do mercado

Sabe aquela velha história de que na vida tem gente que chora e outras que vendem lenço? Pois bem, os investidores que lidam com a estratégia Buy and Hold não têm medo de investir e encaram as crises como grandes oportunidades para “encher o carrinho” com ações em preços bem baratos.

Reduz as despesas com impostos

Pela nossa legislação, quem pratica o Day-Trade deve recolher a DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) e pagar 20% de imposto sobre o lucro nas vendas. Em contrapartida, quem opta pelo Buy and Hold conta com um certo privilégio, pois pode vender até 20 mil reais no mês apurado e ficar isento de imposto, o que facilita bastante no planejamento financeiro.

Otimiza o tempo gasto

Enquanto os Traders ficam pilhados em acompanhar praticamente tudo sobre o mercado financeiro, pois cada segundo pode ser crucial na compra ou venda de um ativo, os Holders são mais tranquilos quanto a isso. Investir a longo prazo é dispor de paciência para acompanhar o mercado, afinal, você não precisa se desesperar com o sobe e desce das ações, otimizando assim seu tempo para curtir outras atividades.

Quais são os erros imperdoáveis nessa estratégia?

Normalmente, o risco vem de não saber o que está fazendo, isto é, quando se é novo no mercado financeiro, a tendência é cometer pequenos deslizes que podem comprometer suas aplicações. Não gire seu patrimônio o tempo todo, pois o longo prazo tem como máxima a constância de aportes e o acúmulo de capital, sendo que a venda ocorre apenas em momentos estratégicos.

Você também não precisa ficar olhando a cotação a todo instante, pois se está firme no propósito de longo prazo, as notícias não impactarão tanto assim os seus investimentos. Vale ressaltar que se acomodar em análises de indicadores ou recomendações de terceiros não é a melhor saída, pois é preciso ter os seus próprios estudos e visualizar o ambiente como um todo.

Jamais se compare com os outros, principalmente aqueles investidores famosos que dispõem de um capital gigantesco. A propósito, eles têm objetivos diferentes e só você sabe qual é a sua necessidade na renda variável. Além disso, seja racional e assuma um comportamento financeiro coerente, de modo que não tenha o pensamento de enriquecer do dia para a noite com a bolsa, mas sim potencializar seus atuais ganhos.

Para encerrarmos, fica como lembrete da estratégia de Buy and Hold a importância de desenvolver a disciplina, a paciência e o controle emocional, pois só assim é possível focar em empresas que apresentem boas perspectivas a longo prazo.

Bom, se você ainda está começando no mercado financeiro e quer obter recomendações de analistas certificados e experientes no assunto, aproveite a oportunidade e entre em contato com a Levante agora mesmo!

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Recomendado para você

Artigos

BTG compra corretora Necton

Na onda de consolidação do mercado em busca de capturar o número crescente de CPFs na bolsa, o BTG Pactual fechou a aquisição da Necton

Read More »
Política Sem Aspas

O desafio do teto – parte II

Na primeira parte dessa dupla de textos, concentrei-me em elencar e dissertar acerca das principais regras fiscais em voga hoje no Brasil. Naquela ocasião, deixei

Read More »
Artigos

Política acima de tudo!

O mercado vive uma certa trégua em relação à volatilidade mais acentuada de algumas semanas atrás. Discussões importantes foram adiadas para depois das eleições. Quem

Read More »
tipos de ações da bolsa de valores
Artigos

Empresas preparam IPOs

Nas últimas semanas, o número de prospectos de IPO protocolados na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aumentou em quase dez, com as companhias “aspirantes” ao

Read More »
Artigos

Resultados da WEG

A Weg (WEGE3) apresentou nesta quarta-feira (21), antes da abertura dos mercados, os seus resultados referentes ao 3T20. Os números vieram bons e acima das

Read More »
Fechar Menu
Fechar Painel