Levante Ideias - Bolsa de Valores

Número de investidores na Bolsa cresce e chega a 3,8 milhões

O número de investidores na B3 – a Bolsa de Valores brasileira – cresceu 42,9% em junho na comparação ao mesmo mês em 2020, chegando a 3,83 milhões de investidores ativos, informou o relatório divulgado pela B3 nesta quarta-feira (07).

O levantamento revela que, em relação ao mês de maio de 2021, junho apresentou um crescimento de 1,4% no número de investidores.

Além disso, o relatório também aborda a quantidade de empresas listadas na Bolsa de Valores.

Na comparação com junho de 2020, as empresas na B3 representaram um aumento de 12,6%, somando 439 companhias. Ante o mês de maio, junho mostrou estabilidade, com somente 2 novas empresas.

Dentre os dados de destaque, em junho houve crescimento de 14,1% no volume financeiro médio diário negociado no segmento de ações na comparação anual.

O volume passou de R$ 34,5 milhões para mais de R$ 37 milhões neste ano. Em relação a maio, o aumento foi de R$ 11,5 milhões.

Mercado de ETF cresce

Recentemente, no dia 24 de junho, a Bolsa divulgou uma pesquisa que abordava o crescimento do mercado de Fundos de Investimentos, principalmente a classe de ETF.

A pesquisa mostrou que os Fundos de Índice (outra nomeação para ETF) movimentaram R$ 153 bilhões entre os meses de janeiro e maio de 2021.

Ademais, em janeiro, os ETFs listados na B3 contavam com 269 mil investidores. Ao fim de maio, esse número registrou um crescimento de 149%, chegando a marca de 402 mil investidores.

Atualmente, a B3 conta com 43 ETFs negociados disponíveis para negociação.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - Congresso Nacional
E eu com isso

Mais um parecer

Após a divulgação do segundo parecer da reforma administrativa (PEC 32/2020), que tramita em comissão especial na Câmara dos Deputados, o deputado e relator da

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.