Levante Ideias - Funcionários da Cemig

Resultados da Cemig (CMIG3/CMIG4) do 2T21

A Cemig (CMIG4) apresentou, nesta segunda-feira (16), após o fechamento de mercado, seus resultados referentes ao segundo trimestre de 2021. Os números vieram acima das expectativas em suas principais linhas de receita líquida, EBITDA e lucro líquido. 

A companhia apresentou um aumento de 15,5% no ano contra ano em sua receita com fornecimento bruto de energia elétrica, registrando R$ 6,8 bilhões no trimestre.

A parcela vendida a consumidores finais representou R$ 6,2 bilhões, um acréscimo de 18,6% na comparação anual da linha.

A alta ocorreu devido ao aumento no volume de energia vendida no período – de 10,7 milhões de MWh no 2T21 contra o aumento de 9,4 milhões de MWh no 2T20 – impulsionada pelo aumento de venda aos clientes industriais (+36%), rurais (+19,9%) e residenciais (+4,1%). 

Em relação à receita de transmissão da Cemig CT e Centroeste, esta é constituída pela soma das receitas de construção, reforço, melhoria, operação e manutenção, previstas nos contratos de transmissão que estabelecem as RAPs (Receitas Anuais Permitidas).

Nesse contexto, como destaque positivo para o período, evidenciamos o aumento de 23,6% na receita de operação e manutenção da companhia no ano contra ano. 

Além disso, destacamos o aumento de 220,3% na receita de remuneração financeira do ativo de contrato da transmissão devido à revisão tarifária periódica homologada pela Aneel em 30 de junho de 2020 e 30 de dezembro de 2020.

No tocante à receita de fornecimento de gás, a companhia exibiu um aumento de 107,9% da linha, com a alta decorrendo, basicamente, do aumento de 85,7% no volume de gás vendido no período.

Quando comparado ao 1T21, o aumento de volume vendido foi impulsionado pelo segmento industrial (+4,1%) e GNV (+14,5%). 

O EBITDA (medida de lucro antes da contabilização de juros, impostos, depreciação e amortização) consolidado ajustado da empresa exibiu uma alta de 39,2% no ano contra ano, reportando R$ 1,3 milhões no período, acima das expectativas.

Sua margem também apresentou expansão, avançando em 0,71 ponto percentual no trimestre. 

Ademais, analisando seu lucro líquido, observamos um aumento de 80,0% no ano contra ano em sua linha, registrando R$ 1,9 bilhão no 1T21.

Como principal fator atribuído à alta, destacamos os ganhos referentes à repactuação do risco hidrológico (contratação de seguro contra o risco hidrológico GSF e a liquidação desses passivos por parte das elétricas) da companhia, que somaram um montante de R$ 909,6 milhões. 

E eu com isso?

A companhia entregou bons resultados operacionais no trimestre, com seus números registrando valores acima das expectativas.

Dessa forma, esperamos uma reação positiva no preço das ações da companhia (CMIG3/CMIG4) para o curto prazo.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

e-eu-com-isso

Leia também: Resultados da Santos Brasil (STBP3) do 2T21.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - E-Commerce
E eu com isso

Infracommerce adquire concorrente

A Infracommerce (IFCM3), companhia integrada de soluções para o e-commerce desde a gestão das operações online até o fluxo logístico, anunciou um acordo final para

Read More »
Levante Ideias - Banco Central
E eu com isso

O BC dará a tônica da semana

A última semana do terceiro trimestre de 2021 será pautada pelas declarações do Banco Central (BC). Além do Relatório Focus divulgado nesta segunda-feira (27), na

Read More »
Senado - Levante Investimentos
E eu com isso

Relator critica pressão

Designado para ser relator da Reforma Tributária que trata de mudanças no Imposto de Renda (IR), o senador Angelo Coronel (PSD-BA) afirmou que não tem

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.