Marco Aurelio Giovani Visconti / Pixabay

Uma tarde movimentada em Brasília

Uma tarde movimentada em Brasília

A tarde de ontem foi movimentada para o Governo Federal. O presidente Jair Bolsonaro recebeu o ministro da Economia, Paulo Guedes, no Palácio do Planalto para discutir sobre os projetos de reforma administrativa e tributária. Enquanto esperava o ministro, o presidente afirmou que o governo está na “iminência” de encaminhar a reforma administrativa ao Congresso. Outras fontes dizem que a reforma deve chegar na semana que vem às Casas Legislativas, sem falta.

Ainda na tarde desta quinta-feira (6), uma edição extra do Diário Oficial da União exonerou o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, e nomeou em seu lugar o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho. Marinho foi extremamente importante nas articulações políticas no Congresso para a aprovação da Nova Previdência e agora assume importante pasta. Bolsonaro comentou sobre a situação de Canuto e disse que o ex-ministro deve ser realocado para a Dataprev (empresa pública de Tecnologia da Informação e Comunicação).

O envio tardio da reforma administrativa ao Congresso é positivo para deixar a ideia de uma (necessária) reforma no setor público – que sofre pressão contrária de diversas classes de servidores – amadurecer nas Casas Legislativas e também na sociedade. Como já comentei, acredito que a prioridade do governo não será essa em 2020. Nesse sentido, a reforma administrativa deve ficar para o fim do mandato.

Já a nomeação de Marinho esfria de vez os rumores de que o secretário especial poderia substituir o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), que parece ter se entendido com Bolsonaro. Não esperamos grandes efeitos no mercado no que se refere à dança das cadeiras.

* Esse conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

Leia também: O Congresso está de volta

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Logo Gestora Pátria
E eu com isso

Gestora Pátria avalia IPO

Uma das maiores gestoras de Private Equity brasileiro, o Pátria, avalia uma abertura de capital (IPO) na B3. A listagem seria um meio de saída

Read More »
E eu com isso

 O avanço das vacinas

Gradualmente, o que era uma esperança transforma-se em realidade, e a perspectiva de uma vacinação em massa contra do coronavírus passa a ficar mais próxima.

Read More »
E eu com isso

Leilão da CEB

Na sexta-feira (04) vai ocorrer o leilão para privatização da Companhia Energética de Brasília, também conhecida como CE. Nele será vendida a subsidiária CEB-D, responsável

Read More »
E eu com isso

Reeleição no Congresso

Conforme previsto, foi só as eleições municipais chegarem ao fim para que Brasília voltasse suas atenções para as eleições das Mesas Diretoras da Câmara e

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel