Política sem Aspas

5 Medidas Para Depois da Reforma da Previdência

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

5 Medidas Para Depois da Reforma da Previdência

Com o recesso parlamentar, podemos parar e respirar um pouco. O Congresso foi o principal agente influenciador das oscilações do Ibovespa durante 6 meses e meio. Quem não admite que perdeu alguns cabelos durante esse processo está mentindo, ou já não os têm.

O investidor brasileiro acompanhou a tramitação da reforma da Previdência com o coração na mão. Na falta de maior entendimento sobre Brasília e seus desdobramentos, demorou para assimilar o ambiente favorável à reforma robusta como desfecho da trama. Agora que os projetos de lei, as PECs e as MPs estão parados, umas férias não fazem mal a ninguém, não é mesmo?

Nesse contexto, o político deve ficar morno até agosto. É hora de inspirar o ar, colocar a cabeça no lugar e planejar o que vem pela frente no segundo semestre. Aproveito para adiantar outras medidas que estão na pauta para destravar a economia depois que a Previdência for definitivamente aprovada (nunca foi uma questão de se, e sim de quando).

1) Reforma tributária

Sem dúvida, é o projeto mais importante depois da reforma da Previdência. O tema vem sendo abordado pelo Congresso há tempos. Mas a dificuldade de encontrar um consenso trava sua aprovação.

Pois, há cinco propostas disputando espaço para serem levadas adiante. Uma da Câmara (de autoria de Bernardo Appy e assinada por Baleia Rossi – MDB/SP), uma do Senado, uma da equipe econômica do governo, uma dos secretários estaduais da Fazenda e uma do setor privado. Todas as propostas, nesse sentido, têm um ponto em comum: simplificação tributária. O Brasil tem um sistema tributário complexo. Isso culminou indiretamente em uma guerra fiscal entre os entes federativos.

Para acessar o texto completo, com as outras quatro medidas a serem feitas depois da Previdência, clique aqui.

Confira

O guia completo para entender como a bolsa de valores funciona

Três filmes para entender o mundo dos investimentos

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Recomendado para você

Petrobras: STF decidirá sobre refinarias

Nesta quarta-feira (30) recomeça o processo de julgamento e votação dos ministros do Supremo Tribunal Federal a respeito da legalidade do processo de venda da

Risco fiscal e aumento da dívida pública

Na coluna de hoje, vou falar sobre a deterioração das contas públicas do Governo Federal, o aumento do déficit público, a consequente alta nas taxas

Fechar Menu

Fechar Painel