oqueefundomultimercado

O que é fundo multimercado?

Se você é um investidor iniciante e deseja obter maior conhecimento sobre as classes de ativos disponíveis no mercado brasileiro, deve conhecer o fundo multimercado. Ele oferece uma série de vantagens em relação aos outros fundos por proporcionar maior diversificação. Mas o que é fundo multimercado de fato?

Neste post, esclareceremos as principais dúvidas sobre esse tipo de fundo.

O que é fundo multimercado?

Quando falamos em fundos de ações ou fundos de renda fixa, pelo nome sabemos quais ativos compõem a carteira. Porém, no fundo multimercado é diferente. Os gestores ganham liberdade para incorporar todos os tipos de ativos na carteira, como ações, títulos de renda fixa e contratos de dólar.

Por questões estratégicas e de gestão de risco, até mesmo, outros fundos de investimentos podem compor a carteira, tornando o fundo multimercado uma das classes de ativos mais flexíveis do mercado.

Quais são os tipos de fundos multimercado existentes?

Podemos classificar os fundos multimercados em 3 categorias: o conservador, o moderado e o agressivo. Conheça um pouco mais sobre cada um deles abaixo!

1. Conservador

Dentro da categoria conservador, o fundo multimercado pode ser divido em subcategorias, como fundos balanceados, multimercados de capital protegido e fundos com estratégia específica.

No primeiro caso, não são admitidas alavancagem e os gestores entregam uma política de alocação e de rebalanceamento dos recursos previamente estabelecida.

No segundo caso, os gestores ganham um pouco mais de liberdade na distribuição dos recursos, mas oferecem mecanismos de proteção parcial ou total do capital aplicado pelo investidor.

2. Moderado

Assim como na categoria conservador, a moderada também divide o fundo multimercado em subcategorias. Aqui, podemos mencionar os fundos de estratégia específica e os fundos dinâmicos.

No primeiro caso, os gestores têm uma política de aplicar os recursos do fundo conhecendo previamente o risco assumido, limitando perdas no processo.

No segundo caso, os gestores ganham maior flexibilidade para escolher o mix de ativos, não ficando limitados a uma ou duas classes específicas. Além disso, os fundos dinâmicos têm permissão para realizarem certa alavancagem, o que eleva o grau de risco, mas aumenta o potencial de retorno.

3. Agressivo

Por fim, os fundos multimercados na categoria agressivo podem ser subdivididos em fundos trading, fundos long & short, multimercados livres etc.

Nos dois primeiros casos, os gestores exploram a variação de preços dos ativos e o sobe e desce da bolsa para realizarem compra e venda num curto período, aumentando a relação risco retorno dos investimentos.

No terceiro caso, os gestores ganham liberdade total de atuação, tomando decisões com base em suas análises próprias e sem qualquer compromisso com uma estratégia previamente determinada.

Quais as vantagens de investir nessa categoria de fundo?

Agora que você já sabe o que é fundo multimercado e os tipos existentes, conheça algumas das principais vantagens que terá ao optar por investir nessa classe de ativos!

1. Acessibilidade

Diferente do que muitos imaginam, realizar investimentos não é só para quem tem muito dinheiro. A partir de R$ 100,00 você já pode comprar cotas de fundos multimercado e participar da bolsa de valores.

2. Maior diversificação

Quando você aplica o dinheiro nos fundos multimercado, ganha acesso às diversas classes de ativos em negociação na bolsa de valores com apenas um investimento.

Ou seja, como você compra apenas as cotas do fundo, com pouco dinheiro tem a oportunidade de participar da bolsa de valores de modo mais abrangente, proporcionalmente ao número de cotas adquiridas. Essa diversificação permite você ter ganhos daquilo que está em alta no momento.

Por isso, é uma ótima oportunidade para o pequeno investidor ou para quem ainda não tem tanta segurança para investir no mercado de renda variável, podendo fazer uma experiência com pouco dinheiro antes de investir a maior parte do patrimônio acumulado.

3. Gestão terceirizada

Outra grande vantagem dos fundos multimercado é a conveniência oferecida às pessoas que não têm tempo, conhecimentos e experiências necessários para aplicar sozinho na bolsa de valores, mas que desejam investir com uma relação risco e retorno equilibrada.

Os investidores podem contar com uma gestão profissional, envolvendo apenas pessoas com alta especialização, para cuidar do patrimônio. Dessa forma, você não precisa se preocupar em elaborar estratégias, decidir onde alocar o seu dinheiro ou como rebalancear a carteira.

4. Risco reduzido

Nos fundos multimercado, os gestores ganham flexibilidade para variar suas estratégias, não ficando limitados a apenas um modelo de aplicação.

Isso permite rápidas mudanças de tática dentro do fundo, assumindo perdas controladas nas estratégias que não estão funcionando e trocando elas por outras que estão dando certo no momento. A alta diversificação também agrega maior segurança, pois o capital fica dividido, com alocações em diferentes tipos de ativos.

Como investir nos fundos multimercado?

O primeiro passo é abrir uma conta na corretora de valores. Depois, clique na aba “Produtos” e encontre as opções de fundos de investimento. Escolha a opção multimercado e aparecerá uma lista com todos os fundos disponíveis.

Clique em cada um deles para ler o prospecto, analisar o histórico de rendimentos, avaliar o grau de risco assumido, possibilidades de retorno no médio e longo prazo, o valor mínimo exigido para investir nele, taxa de administração, taxa de performance, taxa de resgate, prazo da aplicação, volatilidade média (oscilações) e liquidez (prazos de resgate).

Faça a mesma avaliação entre vários fundos para compará-los e baseie a sua escolha naquilo que considerar mais adequado para o seu perfil de investidor. Se preferir, pode ter o apoio de um consultor financeiro na própria corretora onde pretende investir. Ele deve avaliar o seu perfil e só indicar as modalidades mais interessantes para você.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Recomendado para você

E eu com isso

Parecer da reforma tributária

O parecer da reforma tributária já tem data para ser apresentado na Comissão Mista, formada por deputados e senadores. O relator da reforma, deputado Aguinaldo

Read More »
E eu com isso

Sinqia faz nova aquisição

A Sinqia (SQIA3) anunciou nesta quarta-feira (25), após o fechamento do mercado, a aquisição da Fromtis, uma fornecedora de softwares para o mercado financeiro no

Read More »
E eu com isso

Plano estratégico da Petrobras

Na noite desta quarta-feira (25), após o fechamento do mercado, o Conselho de Administração da Petrobras (PETR3/PETR4) aprovou o Plano Estratégico para o período de

Read More »
Fluxo de indicadores
E eu com isso

Contra fluxo não há argumentos

Os números da B3, divulgados na quarta-feira (25), não deixam margem a dúvidas. Até o dia 23 de novembro, a entrada líquida de recursos internacionais

Read More »
Votação em Senado
E eu com isso

Votação da Lei de Falências

A nova Lei de Recuperação Judicial e Falência, apelidada de Lei de Falências no Congresso, será pautada nesta quarta (25) em plenário no Senado Federal.

Read More »
Fechar Menu
Fechar Painel