vale

Vale (VALE3): resultado do primeiro trimestre de 2020

A Vale (VALE3) divulgou na terça-feira (28), após o fechamento do mercado, seus números referentes ao primeiro trimestre de 2020. O resultado foi bom e em linha com as expectativas em termos de receita líquida e de Ebitda, mas abaixo do esperado em relação ao lucro líquido.

O destaque positivo foi a recuperação do Ebitda, que totalizou 2,8 bilhões de dólares, revertendo o resultado negativo de 652 milhões de dólares obtidos no primeiro trimestre de 2019, quando os resultados incluíram provisões relacionadas ao acidente de Brumadinho.

Com isso, a companhia reverteu o prejuízo daquele trimestre de 1,6 bilhões de dólares para um lucro líquido de 239 milhões de dólares nestes três primeiros meses de 2020.

Já o destaque negativo foi a queda do seu resultado financeiro, que saiu de um resultado negativo de 706 milhões de dólares no primeiro trimestre de 2019 para 2,3 bilhões de dólares negativos no primeiro trimestre deste ano. A piora do resultado financeiro foi causada pela marcação a mercado dos seus contratos de derivativos, desvalorizados por conta da alta do dólar.

O resultado da Vale foi bom e em linha com as expectativas. Esperamos um impacto levemente positivo no preço das suas ações (VALE3) no curto prazo, beneficiadas pela alta nas Bolsas asiáticas ao longo da madrugada desta quarta-feira e pela estabilidade dos preços de minério de ferro.

Em 2020, as ações da Vale recuam consideravelmente menos do que o Ibovespa, com uma queda de 16,3 por cento frente à baixa de 29,7 por cento do índice.

A queda de 15 por cento na receita líquida, para 6,9 bilhões de dólares, já era esperada, pois a empresa já havia divulgado o resultado operacional com redução na produção e vendas de minério por conta da pandemia da Covid-19.

A receita líquida e o Ebitda, mesmo reduzidos devido à queda no volume vendido, mostraram-se resilientes e podem ser considerados resultados bastante satisfatórios para o período.

O resultado da Vale foi beneficiado pela resiliência dos preços do minério de ferro, que ficaram na média dos 89 dólares por tonelada no período, acima dos 82,7 dólares registrados no mesmo período do ano passado. Além disso, a escalada alta do dólar também repassou ganhos na sua linha de receitas, o que ajudou a compensar os volumes mais baixos de produção no período.

A geração de caixa totalizou 380 milhões de dólares no trimestre, uma desaceleração em relação ao quarto trimestre de 2019 (1,387 bilhão).

Dessa forma, a Vale fechou o primeiro trimestre com sua dívida líquida praticamente estável em 4,8 bilhões de dólares, menor nível desde 2008. Agora, a sua relação dívida líquida/Ebitda está em 0,3x.

Acreditamos que os estímulos do governo chinês como também à saída antecipada da China da quarentena beneficiaram as operações da Vale neste período. 

Contudo ainda é cedo para “cantar vitória”. Na sua prévia, a empresa alertou para uma possível piora do quadro, após a decisão de limitar suas operações no Canadá e na Ásia. Ademais, a resiliência dos preços do minério de ferro neste ano poderá ser testada em breve, pois as principais mineradoras estão prestes a aumentar a produção, mesmo com o risco de que o vírus continue atrapalhando o funcionamento das cadeias de produção.

* Este conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara as notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

Leia também: Vale (VALE3) – Produção e vendas no primeiro trimestre de 2020

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Recomendado para você

Política Sem Aspas

O desafio do teto – parte II

Na primeira parte dessa dupla de textos, concentrei-me em elencar e dissertar acerca das principais regras fiscais em voga hoje no Brasil. Naquela ocasião, deixei

Read More »
Artigos

Política acima de tudo!

O mercado vive uma certa trégua em relação à volatilidade mais acentuada de algumas semanas atrás. Discussões importantes foram adiadas para depois das eleições. Quem

Read More »
tipos de ações da bolsa de valores
Artigos

Empresas preparam IPOs

Nas últimas semanas, o número de prospectos de IPO protocolados na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aumentou em quase dez, com as companhias “aspirantes” ao

Read More »
Artigos

Resultados da WEG

A Weg (WEGE3) apresentou nesta quarta-feira (21), antes da abertura dos mercados, os seus resultados referentes ao 3T20. Os números vieram bons e acima das

Read More »
Fechar Menu

Fechar Painel