Levante Ideias - Suzano

Resultados da Suzano (SUZB3) do 3T21

A maior e mais eficiente produtora de celulose do mundo, Suzano, divulgou seus resultados referentes ao 3T21, na noite desta quinta-feira (28), após o fechamento de mercado. Mais um trimestre de recorde na receita, com volume de vendas superior ao trimestre passado, que já foi muito forte, além de um preço médio de celulose e papel também superiores de um trimestre a outro.

Os principais destaques ficam com o crescimento da receita líquida total de 9% na comparação trimestral e 44% na comparação anual, alcançando R$ 10,76 bilhões.

Tanto o segmento de celulose quanto o de papel cresceram beneficiados pelo maior volume de vendas no trimestre, além de preços médios cerca de 4% mais altos que o 2T21 em ambos os produtos.

O Ebitda ajustado por efeitos não-recorrentes, um dos principais indicadores para medir o fluxo de caixa operacional bruta em commodities, também veio em cifras recordes, chegando a R$ 6,3 bilhões no consolidado, um crescimento de 5% na comparação com o 2T21 e 82% em relação ao ano anterior.

A geração de caixa operacional acompanhou os bons números de receita e margens, alcançando R$ 5,2 bilhões e acumulando quase R$ 17 bilhões nos últimos 12 meses.

Entretanto, o ponto negativo fica com o aumento do custo caixa da companhia por mais um trimestre, chegando a R$ 711 por tonelada de celulose produzida, impactado pela alta forte dos insumos e combustíveis, além de dificuldades logísticas, porém, com impactos limitados neste resultado.

A variação cambial, com o real sendo desvalorizado no período, puxou o resultado financeiro, com o aumento da dívida cotado em reais.

A alavancagem financeira (relação dívida líquida por Ebitda) teve mais uma redução forte, saindo de 3,3 vezes para 2,7 vezes em dólares, já entrando em patamar confortável para as operações da companhia.

Em adição, o Conselho de Administração da companhia aprovou de maneira definitiva o início do projeto Cerrado, no qual a companhia investirá cerca de R$ 14,7 bilhões para a construção de mais uma planta de grande porte, com adição de capacidade de 20% da produção atual de celulose e será a maior planta integrada da companhia.

A previsão de conclusão e início da operação está prevista para 2024 e a companhia realizará, nesta sexta-feira (29), às 11h da manhã, uma teleconferência especial detalhando o projeto para os participantes do mercado.

E Eu Com Isso?

Mais uma vez a Suzano prova sua capacidade de execução, conseguindo um volume de vendas próxima à sua produção, mesmo com a China (principal mercado consumidor) vivendo momento delicado nas atividades, com queda de demanda.

A Suzano foi capaz de redirecionar suas vendas para regiões com demanda mais aquecida como EUA e Europa, além de um aumento modesto de custo caixa, preservando as margens altas e saudáveis e gerando um montante impressionante de caixa.

Esperamos um impacto positivo nas ações de Suzano (SUZB3) no curto prazo, com o resultado afastando cada vez mais a ancoragem em relação ao câmbio e desconfiança do mercado em relação ao desempenho devido aos problemas na China.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

e-eu-com-isso

Leia também: Resultados da Suzano (SUZB3) do 2T21.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - Vacina Moderna
E eu com isso

E se as vacinas não funcionarem mais?

As declarações de Stéphane Bancel, principal executivo do laboratório americano Moderna, estão provocando fortes solavancos nos mercados internacionais na manhã desta terça-feira (30). Em média,

Read More »
Levante Ideias - Congresso Nacional
E eu com isso

Emendas ficam

O Congresso Nacional aprovou, nesta segunda-feira (30), o Projeto de Resolução 4/2021, que viabiliza o pagamento de emendas de relator e busca adaptar tal modalidade

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.