Levante Ideias - Aliansce Sonae

Resultados da Aliansce Sonae (ALSO3) do 3T21

A Aliansce Sonae (ALSO3), uma das maiores proprietárias e administradoras de shopping centers do país, anunciou seus resultados do terceiro trimestre de 2021 (3T21), na quarta-feira à noite, dia 10, e os números vieram bem positivos com forte recuperação na parte operacional (taxa de ocupação, vendas e aluguéis) e financeira com receita, NOI e lucro líquido praticamente no mesmo nível do 3T19, trimestre pré-pandemia.

Do lado operacional, a taxa de ocupação dos shoppings da companhia foi de 95,8% no 3T21, 40 bps superior à taxa do 2T21. Nos shoppings próprios, foram assinados um total de 125 contratos, representando uma área de 15,6 mil metros quadrados de ABL (Área Bruta Locável). O volume de negociações sugere que demanda por espaços nos shoppings da companhia continua bom como no trimestre anterior.

As vendas totais dos shoppings (parte da Aliansce Sonae) atingiram R$ 2,4 bilhões vs. R$ 2,5 bilhões no 3T19 em função retorno do horário regular de funcionamento dos shoppings da cia. que permitiu a retomada gradual do fluxo de visitantes.

Os shoppings da região Norte se destacaram em termos de performance, superando em mais de 15% as vendas no trimestre em relação ao 3T19 enquanto os shoppings de São Paulo convergiram para a média da companhia.

A receita de locação atingiu R$ 181,2 milhões no 3T21, um crescimento de 3,6% em relação ao 3T19.

Durante todo o trimestre, a Aliansce continuou a retirar descontos, com impacto reduzido sobre o custo de ocupação dos lojistas. Os indicadores de aluguel mesmas lojas (SSR) e aluguel mesmas áreas (SAR) da Aliansce Sonae atingiram 25,8% e 22,6%, respectivamente, quando comparados ao 3T19.

Já em relação aos destaques financeiros da Aliansce Sonae no 3T21, a receita líquida, ex-ajuste aluguel linear, foi de R$ 223,2 milhões, praticamente o mesmo montante registrado no 3T19, e um crescimento de 61% em relação ao 3T20, com a principal receita vinda de locação. A receita de serviços totalizou R$ 22,9 milhões, um acréscimo de 70,1% se comparada ao 3T20.

O resultado de estacionamento foi de R$ 30,6 milhões, no 3T21. Esse resultado, trimestre a trimestre, tem apresentado consistente evolução, conforme as restrições de funcionamento são flexibilizadas.

O NOI da Aliansce Sonae (Net Operating Income), que é a receita bruta dos shoppings (sem incluir receita de serviços), + resultado do estacionamento – custos operacionais dos shoppings – provisão para devedores duvidosos, foi de R$ 183,3 milhões, já após o efeito da provisão para devedores duvidosos (PDD) e ex-ajuste aluguel linear.

E Eu Com Isso?

Os resultados operacionais e financeiros da Aliansce Sonae vieram sólidos, em linha com o esperado e com crescimento nas principais linhas.

Além disso, os números também vieram em linha com o que as demais empresas de shoppings como a Multiplan e a Iguatemi tinham reportado nos últimos dias.

Esperamos, portanto, uma reação positiva das ações ALSO3 no curto prazo.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

e-eu-com-isso

Leia também: ALSO3: Aliansce Sonae anuncia operação digital.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - Banco Central
E eu com isso

O dilema do Copom

Nesta semana será realizada a última reunião do Copom (Comitê de Política Monetária) de 2021. A certeza de que a taxa referencial Selic será elevada

Read More »
Levante Ideias - Congresso Nacional
E eu com isso

Detalhes finais

O início de semana é mais morno em Brasília. Dois assuntos devem ser destaque, durante essa semana, nos corredores do Congresso Nacional, Esplanada dos Ministérios

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.