Denise Campos de Toledo EECI

Os passos iniciais do novo governo e perspectivas para 2023

Vamos chegando ao final do ano com uma situação bem mais definida em relação aos passos iniciais do novo governo no que se refere ao cenário fiscal. Após alguns embates de última hora, até por decisões da Justiça, quanto ao Bolsa Família e o orçamento secreto, se estabeleceu um jogo de forças diferente entre Executivo e Legislativo. A equipe de transição de Lula não garantiu integralmente o plano A. A PEC da Transição foi aprovada com gastos mais restritos e apenas por um ano, mas o Parlamento teve de ceder metade das emendas do orçamento secreto.
No próximo ano deve haver nova rodada de negociações, no caso de o governo necessitar de outra licença para gastar. Só que até lá muita coisa deve mudar. Até o Bolsa Família pode passar por uma reformulação dadas as irregularidades que vem sendo detectadas no cadastramento do Auxílio Brasil. Também há expectativa de avanço da Reforma Tributária e de um novo pacto federativo, Sendo que, por outro lado, o novo governo pode ter dificuldades com novos tributos, como dos dividendos, diante da reconfiguração do Congresso, com uma ampliação da oposição, principalmente, no Senado. As negociações deste ano já foram menos tranquilas do que se previa inicialmente. Só que desonerações e isenções podem ser revistas, reforçando o Caixa. 
Tudo isso se refere aos passos iniciais do governo Lula em relação às finanças. Porém, há todo um prognóstico de mais dificuldades em 2023. A economia tende a sentir o impacto represado da manutenção de juros elevados, com crescimento menor, o que deve afetar o potencial de arrecadação. Além disso tem a previsão de menor expansão global, em boa parte pela onda de aperto dos juros e da liquidez, fora as incertezas relacionadas à China. É possível uma acomodação dos preços de commodities, com impacto em toda a cadeia, até na geração de tributos. São fatores que também jogam contra a capacidade de crescimento do País.
O novo governo aposta muito nos efeitos dos programas sociais mas, para assegurar fôlego maior à atividade, também terá de cuidar das condições de ampliação dos investimentos e de uma maior atratividade de recursos. Um bom arcabouço fiscal, que garanta maior confiança, menos pressões inflacionárias, novas políticas setoriais e parcerias na infraestrutura podem ajudar bastante. 
Mas, em princípio, as condições são limitadas para uma expansão mais vigorosa da economia, com as projeções mais otimistas na faixa de 1% de avanço do PIB. É um desafio colocando já há algum tempo, independentemente, de quem fosse o governo.
Na verdade, o mundo busca estratégias de reequilíbrio, para garantir crescimento com estabilidade. Isso após consequências da pandemia, da guerra na Ucrânia, dos desequilíbrios de oferta, a inflação no maior patamar em décadas, até por excessos de medidas de estímulo, aumento de liquidez e juros muito baixos.
É hora de um freio de arrumação que, no caso do Brasil, coincide com mudança de governo e redefinição de políticas e prioridades nas várias áreas. Precisamos de um Papai Noel bem generoso.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Recomendado para você

Crypto 101

DeFi: O Melhor Setor para Investir Agora?

Participe da Comunidade Levante Crypto agora mesmo e fique por dentro das principais notícias desse mercado: https://lvnt.app/uvwfup

Estamos em um novo ciclo das criptomoedas, e cada segundo que passa fica mais importante descobrir quais são as melhores moedas para investir, e quais são aquelas que você deve ignorar.

Por isso, no Crypto Spotlight desta semana, vamos abordar o setor mais quente para investir agora: DeFi (ou Finanças Descentralizadas).

Também vamos revelar 3 Criptos para você ficar de olho.

Não deixe de conferir este conteúdo.

Read More »
Artigos

Dividendos Sintéticos: Gere Renda Passiva com Opções! | Mapa do Trader

Em um cenário de baixa volatilidade, o investidor que se interesse por curto prazo pode acabar ficando desanimado.

Afinal, em tese, as oportunidades de ganhos rápidos diminuem… Mas não é sempre assim.

Há um tipo de estratégia capaz de gerar renda passiva com Opções no cenário atual, de maneira rápida e segura.

Estamos falando dos Dividendos Sintéticos.

Neste artigo, vamos falar um pouco sobre essa estratégia e investimento.

Read More »
Crypto 101

Altcoins: A melhor opção para o Halving? | Crypto 101

Participe da Comunidade Levante Crypto agora mesmo e fique por dentro das principais notícias desse mercado: https://lvnt.app/uvwfup

Hoje em dia, com o Bitcoin já tendo ocupado seu espaço de mercado, muitas pessoas buscam outras moedas digitais para investir.

Afinal, criptos mais baratas – e fora do radar – possuem um potencial muito maior que o vovô das criptos.

É aí que entram as Altcoins, que cada vez mais vêm ganhando espaço no mercado cripto.

Read More »
Crypto 101

3 Criptos de Inteligência Artificial com alto potencial em 2024 | Crypto 101

Atualmente, é necessário ir além do Bitcoin e do Ethereum para conseguir lucrar de verdade no mercado Cripto, que já começa a se movimentar como uma indústria cada vez mais robusta.
Neste contexto, o setor de Inteligência Artifical em Criptomoedas se apresenta como um dos mais promissores na nova indústria, e projetos como $OCEAN (Ocean Protocol), $FET (Fetch.ai) e $PAAL (Pluto Protocol) emergem como líderes na integração dessas tecnologias de ponta.

Participe da Comunidade Levante Crypto agora mesmo e fique por dentro das principais notícias desse mercado: https://lvnt.app/uvwfup

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.