Levante Ideias - C6 Bank

JP Morgan compra C6 Bank

Duas semanas após o Nubank receber aporte de US$ 1,15 bilhão, incluindo participação do megainvestidor Warren Buffett, o banco americano JP Morgan anunciou nesta segunda-feira (28) a compra de uma fatia de 40% do C6 Bank, banco digital fundado em 2019 por ex-executivos do BTG Pactual.

As instituições não revelaram os valores da transação e o investimento está sujeito a aprovações regulatórias.

Hoje o C6 Bank conta com 7 milhões de clientes em sua plataforma digital e o valor do investimento deve ser usado para acelerar o crescimento do banco digital, que vem captando aportes para financiar sua expansão.

Em dezembro do ano passado, após mais uma rodada de investimentos, o C6 Bank se tornou uma empresa unicórnio, com valor de mercado de R$ 11,3 bilhões.

O C6 Bank é um banco com uma estrutura que entrega soluções diversas tanto para pessoa física quanto jurídica, além de possuir uma ampla plataforma de produtos e serviços, estando bem-posicionado para manter seu caminho de crescimento.

E Eu Com Isso?

Com a parceria estratégica, o C6 Bank ganha escala e o JP Morgan entra nas operações de varejo no Brasil, sinalizando assim um retorno das instituições financeiras estrangeiras no segmento de varejo do país.

Apesar de não ter data certa, há expectativa do C6 realizar seu IPO até o fim do ano que vem e enxergamos essa notícia como positiva para a futura oferta da companhia.

Segundo a Pesquisa Febraban de Tecnologia, mais de 60% das transações bancárias no Brasil são realizadas de forma digital, através do uso de mobile banking, fazendo com que o país se destaque como um dos maiores mercados para o setor de varejo do mundo.

A entrada de bancos estrangeiros buscando explorar o mercado brasileiro também pode ser observado com a entrada do Credit Suisse (C1SU34) no Modalmais (MODL11).

Em 2020, o banco suíço se juntou ao Modalmais para distribuir suas soluções de investimentos mais sofisticadas para um público mais amplo.

Nesta quinta-feira (01) será liberado o Modalmais Premium, que até então se encontrava em fase de testes apenas para clientes com investimentos de no mínimo R$ 300 mil.

Com a parceria com o Credit Suisse, o Modalmais busca ampliar ainda mais sua base de clientes para concorrer em melhores condições com grandes players desse mercado como XP e BTG.

Além disso, a corretora anunciou um programa de recompra de ações de até 4,4% do total da companhia, poucos meses após realizar seu IPO, indicando que o dinheiro levantado na oferta para realizar investimentos tenha sido mais do que a companhia consiga executar.

O grande movimento de entrada dos grandes bancos no mundo dos investimentos digitais, deve impulsionar ainda mais o número de investidores na Bolsa, conforme os principais bancos digitais ampliam suas ofertas no segmento para alavancar suas receitas.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

e-eu-com-isso

Leia também: Resultado do JPMorgan do 1T21.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - Federal Reserve
E eu com isso

O Fed e a incerteza

A muito aguardada reunião do Federal Reserve (Fed), o banco central americano, que se encerrou na quarta-feira (28) manteve os investidores na incerteza em relação

Read More »
Senado - Levante Investimentos
E eu com isso

Para além da CPI da Covid-19

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), tem se movimentado para organizar a retomada de pautas econômicas na Casa, ainda mais após acordo para indicar

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.