Denise Campos de Toledo EECI

Dezembro vem com muitas expectativas para o mercado

O mercado começa o ultimo mês do ano deixando para trás um desempenho bem favorável em novembro, com recuperação das Bolsas, o Ibovespa testando sucessivos patamares de alta, e alguma acomodação do dólar e também da curva de juros, tanto no Brasil como nos Estados Unidos.

Por aqui está mantida a possibilidade de cortes de 0,5 ponto da Selic por um período mais longo. A inflação até registrou maior avanço no último mês, com a variação de 0,33%  do IPCA 15, mas com a alta puxada, principalmente por preços mais voláteis, como alimentos. As taxas anualizadas dos núcleos, inclusive de serviços, se mantiveram em queda, confirmando a melhora estrutural da dinâmica inflacionária. E, diferente do Estados Unidos, a recuperação do emprego e da renda, com recorde da massa salarial, não geram preocupação, já que não têm acarretado maior pressão sobre o consumo, nem mesmo na blackfriday, o que indica que boa parte do ganho ainda está indo para a redução do endividamento.

Quanto ao fiscal, mesmo em meio aos embates entre os Poderes, que até interferiram nas indicações do presidente Lula, de Flávio Dino para o STF e de Paulo Gonet para a PGR, o governo está avançando com as medidas que visam a melhora das finanças. Foram concluídas as votações da taxação de offshores e dos fundos exclusivos. Por outro lado, o Supremo já formou maioria para a inconstitucionalidade do teto anual dos precatórios e liberação de crédito extraordinário que, a depender do Congresso, pode chegar a R$ 95 bilhões. A conclusão depende agora apenas, em termos de prazo, da posição de André Mendonça, que pediu vista. O crédito extraordinário pode ser negociado pelo governo, dependendendo de algumas concessões, como mostrou a aprovação pelo Senado, do fundo para estimular os jovens a permanecerem na escola. Vai ser mais uma manobra fora dos limites do arcabouço, mas, como já ressaltei em outras ocasiões, desde que o governo mostre empenho no sentido de manter as metas, não importa a percepção que a de 2024, de zerar o déficit, não será cumprida. A revisão deve ocorrer em março. Essa é a expectativa até entre os parlamentares que pressionam por mais liberação de emendas. 

Quanto às medidas de ajuste, por mais que melhorem o quadro fiscal, além das projeções superestimadas, não devem garantir os R$ 168 bilhões a mais de receita esperados para zerar o déficit. Por isso o mercado também já parece ter assimilado a ideia de alteração da meta, mais à frente, e que haverá déficit de até 0,8% do PIB, nas contas do próximo ano.

Até por isso, essa questão que tem ficado mais em segundo plano para o mercado. Causa maior apreensão o que poderá acontecer com os juros nos Estados Unidos. E, por aí, ainda temos uma indicação no cravo outra na ferradura. A economia americana se mantém em expansão, o que pode sustentar o consumo, dificultando queda mais acentuada da inflação, até pelas condições do mercado de trabalho. Só que a inflação vem cedendo. E os dirigentes do FED também têm dado sinais contraditórios ao falar em novas elevações dos juros, se houver necessidade, mas também na possibilidade de cortes mais cedo, em 2024. A última reunião do FOMC deste ano, agora em dezembro, será aguardada com expectativa, pelas possíveis novas indicações.

Já no Brasil, o Copom deve reduzir a Selic dos atuais 12,25 para 11,75% ao ano, mantendo o atual ciclo de cortes que deve colaborar para uma performance melhor da economia no próximo ano, ainda que o crescimento previsto seja menor que o deste ano.

Mas dezembro também traz expectativas em relação às votações do Congresso. Desde as pautas da área econômica, passando pelas sabatinas dos indicados ao STF e à PGR, a Reforma Tributária, e as discussões dos vetos do governo ao marco temporal e à desoneração da folha. Sendo que este último, se mantido, pode elevar os custos para as empresas dos setores envolvidos, com implicações para o emprego, Isso, independentemente de ter sido mais uma vitória de Haddad, na defesa do arcabouço, assim como a manutenção da meta de 2024.

Agora é ver o quanto que o mercado estará sensível a esses fatos ou se vai manter o rally de final de ano, em que a Bolsa local também tem sido favorecida por um maior interesse dos investidores estrangeiros. Sem esquecer de outras questões em aberto, como os rumos da Argentina após a posse de Milei, oferta e preços do petróleo, conclusões da COP para a transição energética, as guerras e a performance da China. Este final de ano ainda promete muito agito e, portanto, mais desafios no acerto das posições dos investidores até a virada para 2024.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Recomendado para você

Manual do Trader

Cruzamento de Tendências na Análise Técnica: Estratégias para Identificar Oportunidades de Trading

Descubra como potencializar seus ganhos no curto prazo com o poderoso conceito de cruzamento de tendências! 📈💡 Neste artigo do Manual do Trader, exploramos os fundamentos do cruzamento de médias móveis e suas aplicações práticas na identificação de oportunidades de trading. Aprenda estratégias simples e eficazes para interpretar os sinais de cruzamento e maximize seus lucros nos mercados financeiros digitais. Não perca esta oportunidade de aprimorar suas habilidades de trading e alcançar o sucesso! 💰✨

Read More »
Crypto 101

Descubra como fazer Trades com Criptomoedas: Estratégias e Dicas Essenciais

Bem-vindo ao Crypto 101! No artigo de hoje, vamos apresentar a você as estratégias essenciais para operar Trades com Criptomoedas de maneira altamente lucrativa. Descubra tudo sobre day trading, swing trading, scalping e arbitragem, e aprenda como aplicar essas técnicas para maximizar seus lucros. Além disso, compartilhamos dicas valiosas sobre gerenciamento de risco, educação e disciplina para ajudá-lo a se tornar um trader mais confiante e bem-sucedido. Não perca esta oportunidade de dominar o mercado de criptomoedas e alcançar seus objetivos de investimento!

Read More »
Manual do Trader

Domine o Jogo do Mercado: Stop e Gerenciamento de Riscos

Deseja dominar as estratégias vitais de Stop e Gerenciamento de Riscos no mercado financeiro? 🛑💼 Neste vídeo, você vai conhecer a fundo o Stop Loss, o Stop Gain e o Gerenciamento de Riscos, além de saber como essas ferramentas podem proteger seus investimentos e maximizar seus ganhos. Descubra como implementar essas estratégias de forma eficaz e mantenha-se no controle do seu portfólio de investimentos. Prepare-se para navegar com confiança nas águas turbulentas do mercado financeiro! 💡💰
🔍Não deixe de conferir este conteúdo aqui no Manual do Trader.

Read More »
Crypto 101

Decifrando o Mundo das Criptomoedas: Vantagens e Desvantagens de Investir em Cripto

Descubra as vantagens e desvantagens de investir em criptomoedas neste novo Episódio do Crypto 101! 💡💰 Explore como as criptomoedas estão redefinindo o cenário financeiro global e as oportunidades únicas que oferecem para os investidores. Aprenda sobre os benefícios, como potencial de crescimento exponencial, acessibilidade global e diversificação de portfólio, além de desafios como volatilidade e falta de regulamentação. Esteja preparado para tomar decisões informadas e maximizar seu potencial de investimento em criptomoedas!

Para conhecer esse tema a fundo, leia o novo artigo do Crypto 101.

Read More »
Manual do Trader

Duelo no Mercado: Análise Técnica x Análise Fundamentalista

📈 Descubra o embate entre duas abordagens de investimento no mundo financeiro: Análise Técnica x Análise Fundamentalista! Neste vídeo, você vai conhecer as nuances dessas estratégias. Será que a leitura de gráficos prevalecerá sobre a análise dos fundamentos econômicos? Ou será que o longo prazo superará o curto prazo? Prepare-se para descobrir as principais características dessas estratégias e encontrar o equilíbrio perfeito entre análise técnica e fundamentalista para alcançar seus objetivos financeiros!
💼💰 Não perca este duelo no mercado! 🔍✨ aqui no Manual do Trader.

Read More »
Crypto 101

Os 5 Setores de Cripto Prontos para Explodir

Explore o futuro das criptomoedas em 2024! 🚀 Neste vídeo, mergulhe nos cinco setores revolucionários que estão prestes a transformar o cenário cripto. Desde Finanças Descentralizadas (DEFI) até Inteligência Artificial (AI), descubra as inovações que estão moldando as finanças descentralizadas. Não perca as últimas tendências e oportunidades neste emocionante capítulo do universo cripto.
Para conhecer esse tema a fundo, leia o novo artigo do Crypto 101.

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.