Esgoto-saneamento-básico4-div-ag-brasil

Bilhões no saneamento

Acordar, levantar-se da cama, lavar o rosto e escovar os dentes. A mais trivial das atividades. No entanto, abrir uma torneira e obter água potável requer investimentos pesados na captação, tratamento e distribuição do líquido. O saneamento básico, que inclui o fornecimento de água e também o tratamento de esgotos é a menos glamurosa e a mais atrasada das facetas da infraestrutura no Brasil. Há boas razões para isso: politicamente, rende mais votos construir pontes e estradas (que estão à vista de todos) do que estender redes de água e esgoto, que são subterrâneas e menos visíveis. 

No entanto, em termos financeiros, o saneamento é um investimento imbatível. Para cada real que uma comunidade enterra nas redes de distribuição e coleta, essa comunidade obtém de quatro a seis reais de retorno, seja pela melhora da saúde pública, seja pela valorização imobiliária. Em todo o mundo, o saneamento atrai investidores. No Brasil, isso não ocorre devido à ausência de um marco regulatório e legal, que torne seguro e previsível realizar esses investimentos. Que são seguros e rentáveis, mas são também pesados e de maturação lenta. Assim, sem regras claras, nada feito. Nesta quarta-feira (24), depois de meses de negociação, isso pode mudar. São elevadas as probabilidades de que o Senado aprove o Projeto de Lei (PL) 4.162/2019, que regula os investimentos no setor (leia mais abaixo).

As autoridades consideram que a aprovação do marco legal poderá ser o gatilho que vai destravar a recuperação econômica. Não é exagero. Segundo a Associação Brasileira de Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib), as novas regras podem gerar 1 milhão de empregos diretos nos próximos cinco anos. Atualmente, mais de 90 por cento dos municípios brasileiros não oferecem serviços universalizados de distribuição de água e coleta de esgotos. Para estender esse benefício a todos os brasileiros, a estimativa é que será necessário investir de 500 bilhões a 700 bilhões de reais nos próximos 15 anos.

Atualmente, boa parte dos municípios opera com Departamentos de Água e Esgoto (DAEs), que são ou autarquias municipais ou departamentos das próprias Prefeituras, limitados por todos os entraves da gestão estatal. A nova lei vai obrigar os municípios a lançar licitações para a operação dos serviços, com participação de empresas privadas nacionais e estrangeiras.

INDICADORES – O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da Fundação Getulio Vargas subiu 9,0 pontos em junho, para 71,1 pontos. O movimento de recuperação dos consumidores pelo segundo mês consecutivo já recompôs 44 por cento das perdas sofridas no bimestre março-abril. Em junho, houve melhora das avaliações sobre a situação atual e das expectativas em relação aos meses seguintes. O Índice de Situação Atual (ISA) subiu 5,6 pontos, para 70,6 pontos, interrompendo uma sequência de três meses seguidos de queda. O Índice de Expectativas (IE) avançou 11,1 pontos para 72,8 pontos, acumulando 17,8 pontos de alta nos dois últimos meses, recuperando 47% das perdas entre março e abril desse ano.

A manhã começa com um movimento de correção dos mercados internacionais, após as altas dos últimos pregões. Na terça-feira (23) o índice da bolsa eletrônica Nasdaq registrou uma nova máxima histórica, mas o bom humor se dissipou com o aumento de infecções pela Covid-19 em muitos estados americanos. Por aqui, o dia começa em leve queda na esteira dos mercados internacionais, no entanto, acredito que teremos uma inversão de sinal ao longo do dia e fecharemos no positivo.

* Este conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara as notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

Leia também: Marco do Saneamento é o trunfo do governo para reativar economia

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Recomendado para você

tipos de ações da bolsa de valores
Artigos

Empresas preparam IPOs

Nas últimas semanas, o número de prospectos de IPO protocolados na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aumentou em quase dez, com as companhias “aspirantes” ao

Read More »
Artigos

Resultados da WEG

A Weg (WEGE3) apresentou nesta quarta-feira (21), antes da abertura dos mercados, os seus resultados referentes ao 3T20. Os números vieram bons e acima das

Read More »
Artigos

Resultados do 2T20 da CVC

A CVC (CVCB3) apresentou nesta segunda-feira (20), após o fechamento do mercado e com atraso, seus resultados do segundo trimestre de 2020. Como era de

Read More »
Política Sem Aspas

O desafio do teto – parte I

No Comentário de nº 9 da Instituição Fiscal Independente, “Considerações sobre o teto de gastos da União”, Felipe Salto, Daniel Couri e Josué Pellegrini recortam

Read More »
Fechar Menu

Fechar Painel