Denise Campos de Toledo EECI

Arcabouço fiscal na mesa, é hora das discussões para viabilizar o cumprimento das metas

Finalmente saiu o arcabouço fiscal e, em princípio, bem recebido por analistas, mercado e meio político, embora ainda desperte muitas dúvidas e desconfianças.

É positivo o reconhecimento de que há necessidade de melhorar os saldos fiscais, de colocar limites à expansão dos gastos, ainda que continuem crescendo. Só que em ritmo menor que a arrecadação, o que deve gerar a economia necessária para o ajuste fiscal. Os gastos deverão ter um crescimento real mínimo de 0,6%, para ter um impacto anticíclico, garantindo algum estímulo mesmo em períodos de atividade mais fraca. Só que também haverá um limite de expansão de 2,5%, para evitar descontrole em momentos de maior avanço, para que não haja descontrole de despesas.

Como não há plano de corte dos gastos, apenas previsão para que cresçam abaixo da receita primária, se conta com o reforço de arrecadação. Como antecipou o ministro Haddad, não deve haver criação de tributos ou aumento de alíquotas, mas desonerações e incentivos poderão ser revistos e setores ainda não regulamentados, como apostas esportivas online, podem começar a pagar impostos. E ainda tem a reforma tributária no radar. Quanto ao ajuste das contas a previsão é de um déficit de 0,5% do PIB este ano, com tolerância entre 0,25 e 0,75, com déficit zerado em 2024, superávit de 0,5% do PIB em 2025 e de 1% em 2026, sempre com margem de 0,25 para cima ou para baixo nas metas. As regras e metas são apenas para este governo, diferente do que ocorria com o teto de gastos.

Embora não haja projeções para a dívida pública, se espera estabilidade e até redução na medida em que ocorra o ajuste fiscal e sejam estabelecidas condições para o corte dos juros e maior expansão da economia. Enquanto Haddad falou em alinhamento da política fiscal e monetária, Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, elogiou o esforço da equipe econômica no sentido de viabilizar a melhora da contas. E Simone Tebet, ministra do Planejamento, área responsável pela elaboração do orçamento, julga serem factíveis as propostas do arcabouço com as políticas sociais do governo, que implicam mais despesas. As novas regras fiscais prevêem, inclusive, margem para mais investimentos do governo em obras, caso o resultado primário das finanças públicas supere o teto de variação da meta. Ainda será fixado um piso mínimo anual.

O alívio inicial do mercado veio muito do fato de agora haver parâmetros para a gestão dos gastos e metas a serem cumpridas. Claro, que há dúvidas quanto à forma como serão atingidos. De que maneira, por exemplo, se poderá garantir a arrecadação necessária para não estrangular o orçamento dado o compromisso de o crescimento dos gastos públicos não poder exceder os 70% de crescimento da receita primária (arrecadação de impostos e transferências) e de que forma o orçamento irá incluir despesas adicionais já formalizadas, como reajuste do funcionalismo, o Bolsa Família, mais gastos com Saúde, Educação, outros programas sociais, reajuste do salário mínimo. E ainda se as propostas serão aprovadas pelo Congresso, não só o arcabouço, mas medidas que ajudem a reforçar a arrecadação, como espera a equipe econômica.

De qualquer modo, agora saímos do cenário de total incerteza. Numa visão mais otimista, a aprovação do arcabouço até o final de abril, mês em que também será apresentada a LDO, poderia até viabilizar algum corte da Selic na reunião de maio, do Copom ou a esperada sinalização de que isso possa ocorrer em breve. Mas até lá ainda teremos muitos fatos novos, questionamentos e discussões. Mas as cartas estão começando a serem colocadas na mesa.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Recomendado para você

Crypto 101

DeFi: O Melhor Setor para Investir Agora?

Participe da Comunidade Levante Crypto agora mesmo e fique por dentro das principais notícias desse mercado: https://lvnt.app/uvwfup

Estamos em um novo ciclo das criptomoedas, e cada segundo que passa fica mais importante descobrir quais são as melhores moedas para investir, e quais são aquelas que você deve ignorar.

Por isso, no Crypto Spotlight desta semana, vamos abordar o setor mais quente para investir agora: DeFi (ou Finanças Descentralizadas).

Também vamos revelar 3 Criptos para você ficar de olho.

Não deixe de conferir este conteúdo.

Read More »
Artigos

Dividendos Sintéticos: Gere Renda Passiva com Opções! | Mapa do Trader

Em um cenário de baixa volatilidade, o investidor que se interesse por curto prazo pode acabar ficando desanimado.

Afinal, em tese, as oportunidades de ganhos rápidos diminuem… Mas não é sempre assim.

Há um tipo de estratégia capaz de gerar renda passiva com Opções no cenário atual, de maneira rápida e segura.

Estamos falando dos Dividendos Sintéticos.

Neste artigo, vamos falar um pouco sobre essa estratégia e investimento.

Read More »
Crypto 101

Altcoins: A melhor opção para o Halving? | Crypto 101

Participe da Comunidade Levante Crypto agora mesmo e fique por dentro das principais notícias desse mercado: https://lvnt.app/uvwfup

Hoje em dia, com o Bitcoin já tendo ocupado seu espaço de mercado, muitas pessoas buscam outras moedas digitais para investir.

Afinal, criptos mais baratas – e fora do radar – possuem um potencial muito maior que o vovô das criptos.

É aí que entram as Altcoins, que cada vez mais vêm ganhando espaço no mercado cripto.

Read More »
Crypto 101

3 Criptos de Inteligência Artificial com alto potencial em 2024 | Crypto 101

Atualmente, é necessário ir além do Bitcoin e do Ethereum para conseguir lucrar de verdade no mercado Cripto, que já começa a se movimentar como uma indústria cada vez mais robusta.
Neste contexto, o setor de Inteligência Artifical em Criptomoedas se apresenta como um dos mais promissores na nova indústria, e projetos como $OCEAN (Ocean Protocol), $FET (Fetch.ai) e $PAAL (Pluto Protocol) emergem como líderes na integração dessas tecnologias de ponta.

Participe da Comunidade Levante Crypto agora mesmo e fique por dentro das principais notícias desse mercado: https://lvnt.app/uvwfup

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.