Levante Ideias - 3R Petroleum

Aquisição da 3R Petroleum

A 3R Petroleum (RRRP3) anunciou, na manhã desta terça-feira (22), a aquisição da Duna Energia, detentora e operadora dos campos de Ponta do Mel e Redonda, situados no Rio Grande do Norte.

Os ativos da Duna Energia produziram em média 480 barris de petróleo por dia, de janeiro a abril deste ano.

O valor da transação ficou em US$ 71 milhões, sendo US$ 51 milhões em ações da companhia, a serem repassados ao BTG Pactual (BPAC11), e US$ 20 milhões em dinheiro.

O endividamento líquido de aproximadamente US$ 7,1 milhões detidos pela Duna Energia também ficará com a 3R.

A conclusão da operação ainda depende do aval do conselho de administração e dos acionistas da petrolífera e o BTG ainda terá a opção de indicar um membro independente para o colegiado da 3R.

E Eu Com Isso?

Embora os ativos adquiridos não adicionem um montante relevante de produção à empresa (cerca de 3% da produção atual), as sinergias criadas com o polo Macau da 3R, devido à proximidade geográfica,  a possibilidade de recuperação do campo aumentando a reserva recuperável e a produtividade do ativo, a aquisição se torna bastante favorável para a companhia.

Não esperamos uma reação nas ações da companhia no curto prazo devido ao anúncio da transação, porém o impacto financeiro e operacional no médio prazo é positivo.

Enxergamos boas perspectivas de geração de resultado.

Além do mais, a 3R irá otimizar sua estrutura de capital, com o BTG ganhando uma participação maior na companhia (estimado que chegue em cerca de 9%).

Parte do caixa detido pela empresa também será alocada (US$ 20 milhões ou R$ 100 milhões em dinheiro) de maneira a melhorar o custo de capital da companhia.

A 3R atualmente possui um caixa líquido de R$ 120 milhões (ou seja, posição de caixa maior que seu endividamento total).

A otimização de custo de capital ocorre pelo fato de a empresa alocar um dinheiro parado em um ativo operacional que irá gerar um retorno maior que o rendimento de juros do caixa.

Além disso, a emissão de ações que serão cedidos ao BTG faz parte da renegociação de uma dívida com custo alto detido pela 3R com o BTG, tomadas antes do início de sua operação.

Haverá diluição pequena dos minoritários na transação, em torno de 5,4%, porém em troca de uma dívida alta e alocação de recursos com retorno positivo.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

e-eu-com-isso

Leia também: Petrobras, Eneva e 3R Petroleum.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - NFT
E eu com isso

Os NFTs são a arte do lucro

NFT parece ser a sigla de um título público. Algo como Notas Financeiras do Tesouro. Nada disso. NFT é a abreviatura de Non-Fungible Tokens, ou

Read More »
Levante Ideias - Dinheiro
E eu com isso

PEC dos precatórios

Nesta quinta-feira (16), a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados votou e aprovou, por 32 votos a 26, a PEC (Proposta

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.