A Levante traz as melhores ideias de investimento

Um impasse sobre o auxílio

Caminhando para o início de julho, as discussões sobre a prorrogação do auxílio emergencial ficam cada vez mais relevantes e devem nortear o diálogo entre Executivo e Legislativo. Inicialmente previsto em três parcelas de 600 reais (abril, maio e junho), a tendência é que o pagamento seja estendido pelo menos em dois ou três meses, mas senadores, deputados e governo discordam sobre os valores da extensão do benefício. 

O governo anunciou, na última quinta-feira (25), que pretende prorrogar o auxílio por mais três meses, diminuindo os valores gradativamente (para, respectivamente, 500, 400 e 300 reais nos meses de julho, de agosto e de setembro). Já o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defende a prorrogação do auxílio em mais dois meses no valor atual, totalizando a mesma quantidade a ser gasta pelo governo, só que de modo mais concentrado.

Senadores, porém, criticaram a iniciativa de diminuir o montante repassado aos grupos mais vulneráveis. Uma parcela do Senado defende que o benefício deve ser prorrogado até o fim do ano, ou enquanto durar a pandemia, no valor atual (600 reais). Para tornar a questão mais complexa, em meio a discordâncias sobre o pagamento do auxílio, ainda se coloca um debate sobre uma renda mínima universal para os brasileiros.

As discussões devem se intensificar nas próximas semanas e será necessário ficar atento ao desfecho sobre o auxílio, por motivos fiscais. Parece inevitável uma prorrogação de dois ou três meses pelo menos, envolvendo mais 1.200 reais somados. Caso os valores mensais não sejam de 600 reais, o governo terá de enviar um novo projeto de lei ao Congresso para tipificar tal mudança. Mantendo o valor em 600 reais, seria possível modificar o benefício sem necessidade de novo PL. Sendo prorrogado, o auxílio dará mais tempo para as discussões sobre renda mínima e suas variações e inevitavelmente representará mais gastos – e, portanto, um maior rombo fiscal – em 2020.

* Este conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara as notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

Leia também: Auxílio sancionado com veto: promessa mantida

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Recomendado para você

Artigos

Números da Vivo

A Telefônica Brasil (VIVT3/VIVT4) apresentou nesta terça-feira (27), após o fechamento do mercado, o seu resultado do 3T20 e que, na nossa avaliação, foi regular

Read More »
Artigos

BTG compra corretora Necton

Na onda de consolidação do mercado em busca de capturar o número crescente de CPFs na bolsa, o BTG Pactual fechou a aquisição da Necton

Read More »
Política Sem Aspas

O desafio do teto – parte II

Na primeira parte dessa dupla de textos, concentrei-me em elencar e dissertar acerca das principais regras fiscais em voga hoje no Brasil. Naquela ocasião, deixei

Read More »
Artigos

Política acima de tudo!

O mercado vive uma certa trégua em relação à volatilidade mais acentuada de algumas semanas atrás. Discussões importantes foram adiadas para depois das eleições. Quem

Read More »
Fechar Menu

Fechar Painel