Levante Ideias - Energia

Segundo e último leilão de transmissão de energia do ano

Nesta sexta-feira (17), será realizado o segundo e último leilão de linhas de transmissão de energia de 2021, na sede da B3. O certame, que será conduzido pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), contempla cinco lotes em diferentes estados do território nacional e tem expectativa de investimento na ordem de R$ 2,9 bilhões.

Ao todo, os cinco lotes contribuirão com 902 quilômetros em linhas ao SIN (Sistema Interligado Nacional), além de 750 megavolt-ampères (MVA) em capacidade de transformação de subestações. Concentrados na região norte-nordeste e sul-sudeste, tais blocos estão localizados nos estados do Amapá (lote 5), Bahia (lote 2 e 3), Minas Gerais (lote 4), Paraná e São Paulo (ambos lote 1).

Como projetos de destaque, apontamos o lote 5, no Amapá, que consiste em uma linha de transmissão de 10 quilômetros com a finalidade de conectar uma nova subestação na região (Macapá III) com a subestação Macapá. O investimento estimado para o projeto é de R$ 161,6 milhões.

Ademais, destacamos também a relevância do lote 1, de maior investimento estimado entre os demais, de R$ 1,7 bilhão. O lote contempla os estados do Paraná e São Paulo em um projeto de 726 quilômetros de linhas de transmissão.

Por fim, salientamos a importância dos lotes 2 e 3, na Bahia, que consistem em uma subestação e mais uma adição de 166 quilômetros de linhas, respectivamente. Ambos trazem como foco o escoamento da energia gerada por fontes renováveis do Nordeste.

A expectativa é que o último leilão de transmissão do ano repita o desempenho observado nos certames anteriores, com presença de gigantes do setor de energia, além de investidores financeiros e empresas de engenharia. Nesse contexto, é esperada uma tendência de competição e forte deságio.

E Eu Com Isso?

A notícia evidencia a atratividade do segmento de transmissão de energia para receber investimentos, devendo apresentar ampla concorrência devido aos baixos riscos dos empreendimentos ofertados.

Nesse sentido, destacamos o apetite de companhias já consolidadas no setor, como Isa Cteep (TRPL4), que já declarou interesse no lote 4, este consistindo em uma subestação de 500 kV em Minas Gerais. Caso arremate o bloco, adicionará um interessante ativo em seu portfólio, com suas ações devendo reagir de acordo, a depender do valor ofertado. Também é esperada a participação de demais companhias concentradas no segmento, como Alupar (ALUP11) e Taesa (TAEE11).

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

e-eu-com-isso

Leia também: Leilão emergencial de contratação de energia.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Recomendado para você

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.