Levante Ideias - Eneva

Resultados da Eneva (ENEV3) do 2T21

A Eneva (ENEV3) divulgou, nesta quinta-feira (05), após o fechamento do mercado, o seu resultado do 2T21. Os números vieram sólidos, acima das expectativas para seu Ebitda e lucro líquido, impulsionados pelo maior despacho térmico no período.

A companhia reportou um avanço de 85,6% ano contra ano de sua receita operacional líquida, registrando R$ 962,5 milhões no trimestre.

Em relação ao seu Ebitda ajustado, a companhia exibiu um avanço de 35,0% no ano contra ano, registrando R$ 377,5 milhões no 2T21.

A alta foi impulsionada principalmente pelo segmento de upstream (geração de energia), que apresentou um incremento de R$ 141,2 milhões no período em função do maior despacho das usinas a gás no 2T21 (65%) em comparação ao 2T20 (12%).

Além disso, o maior despacho de suas térmicas, decorrentes do atual cenário hidrológico de baixa pluviosidade, foi responsável por elevar as receitas variáveis de venda de gás da companhia sem praticamente alterar sua estrutura de custos, sendo benéfico a mesma.

Suas usinas a gás e a carvão apresentaram margens variáveis positivas em função da elevação do CVU (custo variável unitário das termelétricas) e do PLD (preço spot de energia) em relação ao 2T20, sendo necessária uma manutenção corretiva apenas na UTE Parnaíba II, que ficou parada de 19 de junho até 17 de julho, voltando operar em total capacidade logo em seguida.

No tocante ao seu resultado financeiro, ela exibiu queda de 23,1% no ano contra ano, registrando – R$ 49,8 milhões no 2T21.

A melhora se deu em função das despesas com encargos de dívidas e juros sobre debêntures, decorrente da capitalização dos encargos relacionados aos financiamentos dos projetos ainda não operacionais, como Parnaíba V e Azulão-Jaguatirica.

Como resultado, o lucro líquido da Eneva registrou crescimento de 37,7% no ano contra ano, totalizando R$ 118,1 milhões no 2T21.

E Eu Com Isso?

O cenário hidrológico altamente desfavorável desde o 4T20 vem reduzindo o volume de energia armazenada nos reservatórios para níveis cada vez mais críticos.

Nesse sentido, todas as térmicas da Eneva entraram na ordem de mérito de despacho durante o 2T21 para atender à demanda por energia, fato que favoreceu a empresa.

Assim, esperamos uma reação positiva no preço das ações da companhia (ENEV3) para o curto prazo.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

e-eu-com-isso

Leia também: Resultados do Banco do Brasil (BBAS3) do 2T21.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - Banco Central
E eu com isso

O Copom e o Fomc

Todas as atenções do mercado financeiro, tanto brasileiro quanto internacional, estarão voltadas para as reuniões do Copom (Comitê de Política Monetária) e do Fomc (Federal

Read More »
Levante Ideias - Congresso Nacional
E eu com isso

Mais um parecer

Após a divulgação do segundo parecer da reforma administrativa (PEC 32/2020), que tramita em comissão especial na Câmara dos Deputados, o deputado e relator da

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.