Mitre - MITRE3 - Levante Investimentos

Prévia do 1T21 da Mitre  (MTRE3)

Na noite de terça, 13 de abril, a Mitre (MTRE3) divulgou a sua prévia operacional do primeiro trimestre de 2021. O resultado foi afetado pelo aumento de restrições de isolamento social decorrentes da pandemia do coronavírus, que obrigou a empresa a fechar seus estandes de vendas. Dessa forma, houve redução no volume de lançamentos e queda nas vendas líquidas.

Como principais destaques, temos um aumento de 145,3 por cento das vendas líquidas ante o mesmo trimestre em 2020, registrando 82,8 milhões de reais. O valor foi resultante de um total de vendas brutas de 111 milhões de reais, porém com um aumento no volume de cancelamentos que totalizaram 28 milhões de reais, apresentando alta de 15 por cento na comparação anual.

A velocidade de vendas, medida pelo de índice de Vendas sobre Oferta (VSO) foi de 18,7 por cento no 1T21 e de 67,3 por cento nos últimos 12 meses. O principal fator que contribuiu para a queda do índice foi o adiamento dos lançamentos programados para o primeiro trimestre do ano, dado o agravamento da pandemia.

A companhia ainda divulgou um estoque de 442,6 milhões de reais, sendo 4,9 milhões de reais referentes a 10 unidades de estoque pronto. Por fim, a empresa entregou o empreendimento Haus Mitre, no bairro Vila Mariana, em São Paulo (SP), com quatro meses de antecedência em relação ao prazo de entrega.

Também realizou a pré-venda de seu outro empreendimento, Haus Mitre Santa Cruz, registrando 118,6 milhões de reais de VGV, em 118 unidades.

E Eu Com Isso?

A Mitre apresentou uma prévia operacional um pouco abaixo do esperado devido ao menor volume de lançamentos, explicado pelo fechamento dos estandes de vendas. Acreditamos que a companhia poderá entregar um resultado melhor no segundo trimestre, com a reabertura dos estandes de vendas e a retomada dos lançamentos.

Acreditamos que o resultado operacional da Mitre vai ter um impacto neutro no preço das ações da companhia (MTR3) para o curto prazo. As ações (MTRE3) acumulam queda de 23,65 por cento em 2021, comparado à ligeira alta de 0,24 por cento no Ibovespa. Portanto, esse resultado operacional um pouco mais fraco já está no preço das ações.

Entendemos como acertada a decisão de adiar lançamentos dado a piora do quadro de infectados nos primeiros meses do ano e os fechamentos dos estandes. De fato, a Mitre lançou apenas um projeto no trimestre, o Haus Mitre Santa Cruz, lançado de forma virtual devido às medidas de isolamento. Com a perspectiva de uma melhora da conjuntura e da suspensão das restrições aos estandes de venda, a companhia planeja lançar 520 milhões no segundo trimestre de 2021.

Com a expectativa de avanço da vacinação e da diminuição das medidas restritivas, vemos como muito provável um maior volume de lançamentos para o 2T20, mantemos uma postura positiva quanto aos próximos resultados a serem divulgados pela companhia.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

Para ficar por dentro do universo dos investimentos de maneira prática, clique abaixo e inscreva-se gratuitamente!

e-eu-com-isso

Leia também: Mitre Realty (MTRE3): Resultados do 4T20 e de 2020.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Arthur Lira na Câmara dos Deputados - Levante Investimentos
E eu com isso

Sem reforma tributária

No mesmo dia em que o relatório da reforma tributária foi lido na comissão mista, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), declarou

Read More »
Logo XP
E eu com isso

Resultado da XP (XP) do 1T21

A XP Inc (XP) apresentou nesta terça-feira (04), após o fechamento do mercado, os seus resultados do primeiro trimestre de 2021. A companhia já havia

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel