Petrobras E Eu Com Isso

Petrobras (PETR3/PETR4): Produção recorde

Nesta quinta-feira (07), a Petrobras divulgou novo recorde de produção anual, que atingiu 2,84 milhões de barris diários de óleo equivalente (BOE/dia) em 2020. O recorde anterior, de 2,79 milhões de BOE/dia, foi alcançado em 2015. Outro recorde foi na produção isolada de petróleo, de 2,28 milhões de barris diários, cerca de 2 por cento acima do recorde anterior, também de 2015.

Os dados confirmam o forte crescimento da extração de petróleo do pré-sal nos últimos anos. Em 2020, este respondeu por 66 por cento do volume produzido pela companhia, ou 1,86 milhão de BOE/dia. Em 2015, a participação era de somente 24 por cento do volume extraído.

Vale enfatizar que os valores realizados de produção anual de óleo e total estão alinhados com o centro das metas revisadas em outubro de 2020. Em adição, superam em 5 por cento as metas inicialmente estabelecidas para 2020.

A Petrobras afirmou que a superação das expectativas decorreu de quatro fatores principais: (i) produção acima da capacidade nominal de processamento em Búzios, refletindo maior disponibilidade temporária de geração energética e compressão de gás nas plataformas; (ii) menor quantidade de intervenções para combate à corrosão por CO2 nos dutos submarinos de injeção de gás devido a novas ferramentas e tecnologias; (iii) declínio menos acelerado da produção nos campos Tupi e Sapinhoá em função de melhor desempenho dos reservatórios; e (iv) produção mais eficiente e otimização das interrupções nas plataformas.

 E Eu Com Isso?

Acreditamos que a notícia é positiva para a Petrobras, com impacto positivo no preço das ações (PETR3/PETR4) no curto prazo. Após entregar um excelente resultado operacional no 3º trimestre de 2020, a companhia mostra-se comprometida com as arrojadas metas apresentadas no seu planejamento estratégico no fim do ano passado, tendo como principais objetivos a redução de custos de produção e extração, a venda de ativos e a redução do nível de endividamento.

Esse movimento acontece em um momento favorável para o setor, com a recuperação dos preços do barril de petróleo depois da reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) em 5 de janeiro, onde foi acordada a redução em 1 milhão de barris/dia.

Nesta data, as ações PETR3 e PETR4 valorizaram-se 3,05 e 3,90 por cento, respectivamente, enquanto a bolsa encerrou o dia com alta de 0,44 por cento, sustentada pela forte alta das ações da Petrobras, que fecharam o dia acima de 30 reais, patamar observado pela última vez somente nos meses anteriores à pandemia.

Ainda segundo a empresa, os recordes de produção sinalizam o bom desempenho operacional mesmo no cenário desafiador vivenciado em 2020, com maior foco em ativos de classe mundial em águas profundas e ultraprofundas, que constituem o principal diferencial competitivo da Petrobras. Estimamos ainda que, com o avanço das campanhas de vacinação ao decorrer de 2021, haverá recuperação da atividade e da demanda global, que contribuirá para manutenção de um cenário positivo para a companhia, com o aumento da demanda por combustível e, consequentemente, para o petróleo.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

Para ficar por dentro do universo dos investimentos de maneira prática, clique abaixo e inscreva-se gratuitamente!

e-eu-com-isso

Leia mais sobre a empresa: Petrobras (PETR3/PETR4): Opep e corte na produção.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Copel - E Eu Com Isso - Levante
E eu com isso

Plano Estratégico da Copel

A Copel divulgou nesta quinta-feira (21) seu novo planejamento estratégico. Além de mudanças estatutárias e de uma nova política de dividendos, a nova agenda propõe

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel