Levante Ideias - Nike

Nike investe em NFT (non-fungible token)

Buscando aumentar sua exposição no “novo mundo” do Metaverso, a Nike (NKE) informou na semana passada que comprou, por um valor não revelado, a empresa de tênis virtual chamada RTFKT. A RTFKT é uma startup fundada em 2020 que cria NFTs (non-fungible token) de tênis no Metaverso.

Segundo o CEO da companhia, John Donahoe, a aquisição faz parte do processo de transformação digital que a Nike vem passando e com a missão de servir aos seus atletas e clientes uma maior conexão com criadores de novas tecnologias, esporte, jogos e cultura.

É válido lembrar que a Nike foi uma das primeiras empresas a entrar no Metaverso, que ganhou notoriedade após o anúncio que o Facebook realizou sobre a mudança do nome da companhia para Meta.

E Eu Com Isso?

Com o mercado sedento por crescimento, esperamos uma melhor apreciação das ações no médio prazo com este tipo de investimento. Contudo, temos sérias dificuldades em quantificar qual será o retorno que as companhias que vão operar no “metaverso” vão obter com estes ativos.

Em adição e pensando em um horizonte de tempo mais curto, esperamos que os preços das ações “NKE” obedeçam a uma dinâmica em consonância com os resultados trimestrais que serão divulgados nesta segunda-feira (20).

Nele, outras questões ainda serão analisadas, como os gargalos de ordem logística impactando nas vendas em algumas regiões, bem como algum potencial impacto nas suas margens.

Ademais, analistas de tecnologia dizem que as NFTs podem representar riscos financeiros para os compradores porque seu valor é amplamente baseado na especulação e, portanto, tendem a ser voláteis. Embora os criadores de NFT possam apregoar a natureza única dos tokens, às vezes eles criam milhares para o mesmo item.

Pode levar anos – ou nunca – para que os NFTs se tornem os principais impulsionadores das vendas da Nike. Mas os itens da empresa estão, por ora, encontrando algum sucesso. A Adidas lançou sua coleção NFT “Into the Metaverse” na sexta-feira e arrecadou cerca de US$ 23 milhões.

Segundo informações de mercado, a RTFKT valia US$ 33 milhões após a rodada de captação em maio, destinados para investir na venda de calçados virtuais e avatares. Acompanhamos outras empresas caminhando na mesma direção de entrada no Metaverso, visando acelerar a transformação digital e viver a nova realidade aumentada.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

e-eu-com-isso

Leia também: Resultados trimestrais da Nike (NKE).

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Recomendado para você

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.