MRV-div-mrv

MRV divulga resultado do quarto trimestre

MRV divulga resultado do quarto trimestre

A MRV (MRVE3) divulgou o resultado do quarto trimestre de 2019 abaixo das expectativas em termos de receita líquida e de lucro líquido.

O resultado fraco veio conforme o esperado, pois a companhia já havia divulgado uma prévia operacional mais fraca.

Mesmo com o recorde de lançamentos em 2019, com baixo nível de cancelamento de vendas, as vendas líquidas tiveram crescimento de apenas 3,4 por cento em relação a 2018.

O principal destaque negativo foi o consumo de caixa de 34 milhões de reais no trimestre, explicado pelo descasamento entre produção (39,7 mil unidades) e o repasses para a Caixa Econômica Federal (33,5 mil unidades).

Importante destacar que a companhia investiu 686 milhões de reais em aquisições de terrenos em 2019.

Por último, o resultado líquido foi afetado por despesas não recorrentes com parceiros no montante de 10 milhões de reais no trimestre.

O resultado de MRV veio fraco, mas já era em parte esperado devido ao consumo de caixa (divulgado anteriormente). Dessa forma, esperamos impacto levemente negativo no preço das ações no curto prazo.

Na segunda-feira (2) as ações da companhia (MRVE3) já haviam antecipado esse resultado e caído 0,8 por cento, em comparação com a alta de 2,3 por cento no Ibovespa.

A receita líquida foi de 1,42 bilhão de reais no quarto trimestre, queda de 6,7 por cento na comparação anual.

A margem bruta foi de 29,6 por cento no trimestre, estável em relação ao terceiro trimestre, mas com queda de 3,2 pontos percentuais em relação ao mesmo período de 2018.

O lucro líquido totalizou 151 milhões de reais no trimestre, queda de 20,7 por cento em relação ao quarto trimestre de 2018.

O retorno sobre o patrimônio líquido (ROE) foi de 13 por cento em 2019 (16,5 por cento em 2018).

Uma combinação de margem bruta menor por um tempo, níveis mais altos de estoques e investimentos em banco de terrenos devem continuar a pressionar o ROE da MRV no curto prazo.

Os principais catalisadores para as ações da MRV são: venda de empreendimentos da Luggo (4 em 2019) e o processo de internacionalização, com a aquisição da AHS Residential nos EUA.

A MRV está buscando reduzir a dependência do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida que respondeu por 83,2 por cento das vendas no quarto trimestre de 2019.

* Esse conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

Leia também: IPO da Mitre: Construção Civil na Crista da Onda: Média Renda em São Paulo

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Recomendado para você

Artigos

BTG compra corretora Necton

Na onda de consolidação do mercado em busca de capturar o número crescente de CPFs na bolsa, o BTG Pactual fechou a aquisição da Necton

Read More »
Política Sem Aspas

O desafio do teto – parte II

Na primeira parte dessa dupla de textos, concentrei-me em elencar e dissertar acerca das principais regras fiscais em voga hoje no Brasil. Naquela ocasião, deixei

Read More »
Artigos

Política acima de tudo!

O mercado vive uma certa trégua em relação à volatilidade mais acentuada de algumas semanas atrás. Discussões importantes foram adiadas para depois das eleições. Quem

Read More »
tipos de ações da bolsa de valores
Artigos

Empresas preparam IPOs

Nas últimas semanas, o número de prospectos de IPO protocolados na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aumentou em quase dez, com as companhias “aspirantes” ao

Read More »
Fechar Menu

Fechar Painel