Levante Ideias - EUA e China

Crescimento à frente

O primeiro trimestre de 2021 está se encerrando com um cenário positivo para as maiores economias do mundo. Comecemos pela China. Em março, a atividade industrial chinesa cresceu mais depressa do que o previsto. O índice de gerentes de compras (Purchasing Managers Index, PMI) industrial subiu para 51,9 ante 50,6 em fevereiro, informou o National Bureau of Statistics (NBS). A projeção para março era de 51,0. Resultados acima de 50 indicam um cenário de expansão, e o resultado mostra que a indústria chinesa tirou o atraso de fevereiro, quando paralisou suas atividades por uma semana devido aos feriados do Ano Novo chinês. Em 2020, a economia chinesa se expandiu 2,3 por cento. Foi a única economia de grande porte a mostrar expansão no ano mais prejudicado pela pandemia. Para 2021, as autoridades estabeleceram como meta um crescimento de 6 por cento no Produto Interno Bruto.

As expectativas também são positivas do outro lado do Oceano Pacífico. Nesta quarta-feira, Joe Biden, o presidente dos Estados Unidos, deverá anunciar o plano de investimentos em infraestrutura mais relevante da história americana. A meta é investir 2 trilhões de dólares ao longo de oito anos, que serão financiados com um aumento dos impostos sobre as empresas de 21 por cento para 28 por cento.

Nos planos estão a reconstrução de 32 mil quilômetros de estradas, consertar as dez pontes mais importantes para a economia e a eliminação de canos de chumbo nos serviços de abastecimento de água. Também haverá investimentos em transporte, banda larga, rede elétrica e habitação, e estímulos à chamada “indústria 4.0”, que o governo americano considera primordial para manter a competitividade americana frente à China.

A meta do governo é criar milhões de empregos no curto prazo. Terão prioridade os projetos que puderem ser iniciados nos menores prazos, para estimular logo a economia e gerar empregos. Será o pacote mais ambicioso depois da Segunda Guerra mundial. Se aprovadas as medidas encerrariam um período de décadas de baixa nos gastos do governo em pesquisa e em infraestrutura.

Inflação e Juros

Além das perspectivas de crescimento nos Estados Unidos e na China, as declarações do presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto reduziram a tensão no mercado futuro de juros. Em um evento, Campos voltou a defender o equilíbrio fiscal. Ele afirmou que duas coisas “lhe tiram o sono”, a ausência de um processo de vacinação em massa eficiente no País e o descontrole fiscal nas contas públicas. “É muito difícil segurar o monetário quando o fiscal está descontrolado”, disse ele. “Sem equilíbrio fiscal, o lado monetário fica bem menos eficiente”, disse ele.

Campos Neto disse também que o aumento de 0,75 ponto percentual na Selic na última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) permitirá uma alta menor dos juros. Ele reiterou a visão de que a alta da inflação é temporária e se deve ao repasse da alta do dólar e dos preços das commodities. A inflação deverá continuar elevada nos próximos meses, antes de começar a cair, afirmou.

Indicadores

O número de pessoas desempregadas no Brasil foi estimado em 14,3 milhões no trimestre encerrado em janeiro. Embora a taxa de desocupação tenha ficado estável em 14,2 por cento frente ao trimestre anterior, é a mais alta para um trimestre até janeiro. Já o contingente de pessoas ocupadas aumentou 2 por cento e chegou a 86 milhões. Isso representa 1,7 milhão de pessoas a mais no mercado de trabalho em relação ao trimestre encerrado em outubro. As informações são da Pesquisa Nacional de Amostragem Domiciliar (PNAD), divulgada nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

E Eu Com Isso?

O trimestre está se encerrando com os contratos futuros de Ibovespa indicado leve baixa, devido a uma realização dos lucros da véspera. No entanto, como os contratos futuros do índice americano S&P 500 estão iniciando o dia em alta devido ao otimismo com o pacote de investimentos em infraestrutura nos Estados Unidos não se descarta a hipótese de uma valorização das ações por aqui também.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

Para ficar por dentro do universo dos investimentos de maneira prática, clique abaixo e inscreva-se gratuitamente!

e-eu-com-isso

Leia também: A volatilidade que vem de fora.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - Bitcoin
E eu com isso

O Bitcoin vai subir mais

Os últimos dias de julho registraram um movimento de alta nas cotações do Bitcoin. A mais popular das criptomoedas fechou, na quinta-feira (29), a US$

Read More »
Levante Ideias - Bolsa Família
E eu com isso

Mudança no teto de gastos

Parte do governo voltou a considerar mudanças no teto de gastos para acomodar o novo Programa Bolsa Família, programado para lançamento em 2022 – ano

Read More »
Levante Ideias - Usiminas
E eu com isso

Resultados da Usiminas do 2T21

A Usiminas, uma das principais companhias produtoras de aço no Brasil, apresentou seus resultados na manhã desta sexta-feira (30), antes da abertura do mercado. Os

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.