Levante Ideias - Semicondutores

China busca autossuficiência em semicondutores

Reforçando o discurso de março do presidente Xi Jinping, segundo informações do mercado, a China anunciou que irá investir US$ 150 bilhões até 2030 para desenvolvimento da indústria de chips e semicondutores.

A tarefa faz parte dos planos para transformar a China no centro da ciência do mundo, ser uma superpotência tecnológica como também para resguardar a segurança econômica nacional.

Em uma conferência realizada em setembro, o secretário-geral da ONU disse que Washington e Pequim precisam evitar que o mundo se separe, em referência a divisão de produtos feitos nos Estados Unidos e na China. Ainda em discurso disse que produtos que só tenham a tecnologia aplicada da China pode não funcionar em outras tecnologias, como dos Estados Unidos e Europa podem não funcionar na tecnologia chinesa, e isso poderá retardar o desenvolvimento tecnológico.

E Eu Com Isso?

Apesar da notícia ser levemente positiva para a Alibaba que poderá se beneficiar do engenho chinês em investir em semicondutores e chips, e para isso contará com ajuda da gigante chinesa, vemos um impacto neutro no curto prazo para as ações da Alibaba (BABA) que precisará de peças e técnicas estrangeiras para a produção.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

e-eu-com-isso

Leia também: Alibaba revisa business e nomeia novo CFO.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Recomendado para você

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.