Levante Ideias - Marfrig

Cade aprova compra de ações da BRF pela Marfrig

A Marfrig (MRFG3) comunicou, na noite desta quinta-feira (23), que a Superintendência-Geral do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) emitiu um parecer comunicando a aprovação da aquisição de ações da BRF (BRFS3) pela Marfrig (MRFG3).

Como esperado, a aprovação foi aprovada sem restrições, tendo em vista que a Marfrig não é produtora de carne suína, de frango e seus derivados, e a BRF, por sua vez, não produz carne bovina.

Em maio, a Marfrig anunciou a aquisição de 196.869.573 ações ordinárias da BRF, representativas de aproximadamente 24,23% do capital social da BRF.

Apenas um mês depois, em junho, a processadora de carne bovina anunciou mais uma aquisição de 257.267.671 ações ordinárias de emissão da BRF (BRFS3), que representam aproximadamente 31,66% do capital social da BRF.

E Eu Com Isso?

A notícia é positiva tanto para as ações da BRF (BRFS3) quanto para a Marfrig (MRFG3) que já expressou seu interesse em ser um investidor passivo da BRF.

Quando a primeira compra das ações da BRF pela Marfrig foi anunciada, as ações da BRF chegaram a disparar na Bolsa, com alta de mais de 16%, enquanto as ações da Marfrig chegaram a subir mais de 5%.

Os principais questionamentos do Cade em relação à operação foram sobre o mercado de hambúrguer, em que a JBS é líder com 35,5% de market share. Já a BRF possui 28,6% de market share no mercado brasileiro de hambúrguer, enquanto a participação das marcas da Marfrig no varejo é inexpressiva.

As marcas da Marfrig já eram parceiras da BRF no fornecimento de hambúrguer para a Sadia e a Perdigão.

Segundo a Marfrig, a aquisição da participação na BRF visa diversificar os investimentos da companhia em um segmento que possui complementaridades com seu setor de atuação numa empresa onde a administração vem realizando uma reconhecida gestão.

A Marfrig esclarece que não pretende eleger membros para o Conselho de Administração ou exercer influência sobre as atividades da BRF e que não foram celebrados pela Marfrig quaisquer contratos ou acordos que regulam o exercício de direito de voto.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

e-eu-com-isso

Leia também: Aquisições hostis na B3: os casos Marfrig e BRF | Domingo de Valor.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.