bolsonaro-2-840x528

Bolsonaro modera o tom

Bolsonaro modera o tom

O presidente Bolsonaro foi às redes nacionais de rádio e televisão na noite de ontem para um novo pronunciamento oficial. Nele, adotou um tom muito mais moderado em comparação à sua fala da semana passada, reforçando o compromisso de combate ao novo coronavírus e também ao desemprego.

Sem classificar a Covid-19 como gripezinha, atacar a imprensa ou os governadores (chegou até a elogiá-los), Bolsonaro citou as medidas que vêm sendo tomadas na área da saúde e da economia para minimizar os efeitos negativos em função da pandemia. Segundo fontes, o discurso foi validado pelos ministros da Casa Civil, da Secretaria de Governo e da Infraestrutura.

O ponto negativo da fala do presidente ficou por conta da descontextualização das declarações do diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom. Bolsonaro citou um trecho em que o diretor comunicava que “muita gente precisa trabalhar para ganhar seu pão” e que os “governos devem levar essa população em conta”. Nesse sentido, Tedros se referiu à ajuda governamental para as pessoas que ficarão sem receber ou trabalhar em decorrência do coronavírus.

A mudança de tom do presidente demonstra, finalmente, alinhamento entre as medidas que vêm sendo tomadas por governadores em todo o país. Apesar da sua preocupação legítima com o desemprego. 

* Este conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara as notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

Leia também: Considerações sobre a quarentena

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Recomendado para você

Artigos

Resultados do 2T20 da CVC

A CVC (CVCB3) apresentou nesta segunda-feira (20), após o fechamento do mercado e com atraso, seus resultados do segundo trimestre de 2020. Como era de

Read More »
Política Sem Aspas

O desafio do teto – parte I

No Comentário de nº 9 da Instituição Fiscal Independente, “Considerações sobre o teto de gastos da União”, Felipe Salto, Daniel Couri e Josué Pellegrini recortam

Read More »
Fechar Menu

Fechar Painel