Levante Ideias - B3

B3 (B3SA3): Resultado operacional de dezembro de 2020

A B3 (B3SA3) divulgou nesta quinta-feira (21) após o fechamento do mercado o resultado operacional de dezembro de 2020. Os números foram bons, com forte crescimento do volume negociado no segmento listado de ações (Bolsa), que atingiu 35,4 bilhões de reais, aumento de 54,5 por cento em relação ao mesmo período de 2019, porém uma desaceleração em relação aos dois meses anteriores, que vinham apresentando crescimentos acima de 70 por cento.

O volume médio negociado em 2020 foi de 30 bilhões de reais, 74 por cento superior ao volume de 2019. O fato que nos deixa otimistas é a quantidade de investidores ativos na Bolsa que aumentou para 3,26 milhões de CPFs, em comparação com o 1,6 milhão de investidores em dezembro de 2019, um expressivo crescimento de 93,0 por cento.

No segmento listado de juros, moedas e mercadorias (BM&F), houve também um aumento, com crescimento de 14,2 por cento no volume de contratos, revertendo as quedas vistas durante os outros dois meses do trimestre. Outro destaque foi a receita média por contrato (RPC), esta cresceu 34,2 por cento na comparação anual.

O número de empresas listadas na bolsa também cresceu na comparação anual, apesar de o número se manter o mesmo de novembro, com 407 empresas com capital aberto, 4,1 por cento a mais do que no fim do ano passado.

E Eu Com Isso?

Esperamos um impacto positivo no preço das ações da B3 (B3SA3) no curto prazo, pois o volume listado de ações apresentou forte crescimento ao longo de todos os meses do trimestre, o que deve dar impulso para um sólido resultado financeiro no quarto trimestre de 2020.

O aumento da liquidez no mercado impulsionou o número de IPOs em 2020 (28 operações), o que ajudou na performance do papel ao longo do ano depois de um forte impacto da crise do Covid-19 no primeiro trimestre. As ações B3SA3 tiveram uma valorização de 49,95% no ano de 2020, comparado à alta de 2,92 por cento do Ibovespa.

Apesar da boa performance, o mercado ainda observa com cautela discussões regulatórias que ameaçam a posição privilegiada que a companhia possui no momento. A falta de competitividade da B3 vem sendo pauta na CVM e medidas como a internalização de ordens para ações por parte das corretoras, algo já feito nos minicontratos, podem ter impactos significativos na receita da companhia.

Entre os principais catalisadores para a companhia estão a maior entrada de capital na bolsa, em especial uma entrada maior dos estrangeiros, e o desenvolvimento de novos produtos, um bom exemplo disso foi a abertura para investidores não qualificados dos BDRs em outubro do ano passado.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

Para ficar por dentro do universo dos investimentos de maneira prática, clique abaixo e inscreva-se gratuitamente!

e-eu-com-isso

Leia mais sobre a empresa: B3 divulga resultado operacional.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - NFT
E eu com isso

Os NFTs são a arte do lucro

NFT parece ser a sigla de um título público. Algo como Notas Financeiras do Tesouro. Nada disso. NFT é a abreviatura de Non-Fungible Tokens, ou

Read More »
Levante Ideias - Dinheiro
E eu com isso

PEC dos precatórios

Nesta quinta-feira (16), a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados votou e aprovou, por 32 votos a 26, a PEC (Proposta

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.