A Levante traz as melhores ideias de investimento

Como investir de forma sustentável e moderna?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Talvez você ainda não tenha se dado conta, mas o jeito como os investimentos são feitos está mudando de forma consistente e rápida. Como investir de forma sustentável está na mira de uma nova geração de pessoas que nasceu em tempos de evolução tecnológicas sem precedentes.

LEIA AINDA: As vantagens dos investimentos de impacto

<<INVISTA DE FORMA MODERNA E SUSTENTÁVEL>>

Uma breve explicação histórica

Em seu filme “Meia Noite em Paris”, o renomado diretor Woody Allen lança anacronicamente seu personagem principal nas ruas pouco iluminadas de Paris dos anos 1920, onde ele encontra grandes artistas como Ernest Hemingway, Picasso, Scott e Zelda Fitzgerald, T.S. Elliot, Salvador Dalí e tantos outros.

A beleza do filme reside no enredo fiel à realidade da época. Toda essa efervescência cultural e irreverência regada à noites de álcool ia de encontro ao sombrio contexto político e econômico do período, logo após o término da Primeira Guerra – e não muito distante da profunda Crise de 1929.

Hemingway denuncia em “Paris é uma Festa” a impressão de sua mentora – e de muitos outros naquele tempo – e famosa escritora Gertrude Stein sobre a sua geração: “Isso é o que vocês são. Todos vocês são… Todos vocês jovens que serviram a Guerra. Vocês são uma geração perdida”.

Sem querer, Stein inaugurou uma tradição no mundo literário e sociológico que é respeitada até hoje. Viu que aqueles jovens escritores e pintores vagavam no tempo sem direção e só comprovou a máxima de que as gerações são fortementes moldadas pelo contexto histórico e social em que estão inseridas.

Depois da geração perdida, veio a geração grandiosa, crescida na Grande Depressão e na Segunda Grande Guerra. Depois vieram os baby boomers (nascidos entre 1946 e 1964), a geração X (dos anos 1960, 1970 e 1980), os millennials (de 1980 até 1990) e, por fim, a geração Z, a mais atual.

Uma geração revolucionária

A mudança de contexto nas últimas gerações (millennials e Z) se explica muito pelas sucessivas disrupções tecnológicas e revoluções na rede, permitindo o acesso fácil à informação. Se as guerras moldaram o comportamento econômico das primeiras gerações, hoje o poder de mudança se inverteu. Millennials observam cada vez mais o seu modo de consumir atingindo diretamente o que as empresas ofertam, fato que muda toda a economia.

Os primeiros nativos digitais não querem casar cedo, ter casa própria, nem produtos de grife. Querem construir uma vida saudável, priorizam a boa alimentação e a prática de esportes. A preocupação é maior com questões sociais, o meio ambiente e a transparência.

Como investir de forma sustentável?

Tal perfil influencia diretamente no modo de investir. Estudos mostram que essa geração lidera a mudança nas decisões de investimentos, optando muito mais por uma alternativa sustentável, como podemos ver no gráfico abaixo.

Em comparação com o investidor médio, o perfil desta geração está duas vezes mais inclinado a investir em companhias que tenham objetivos ligados ao meio ambiente ou à questões sociais. Mais do que isso, 74% dos millennials acreditam que seus investimentos de impacto podem influenciar na mudança do clima e 84% acreditam que podem ajudar a retirar pessoas da pobreza.

Os dados demonstram que, apesar da existência do mito de que é necessário abrir mão de rentabilidade para investir sustentavelmente, aqueles nascidos a partir da década de 1980 já buscam esse tipo de aplicação para aliar ganhos com propósito. Acompanhando a demanda, nos últimos cinco anos a oferta de ativos ligados a investimentos responsáveis subiu 33,3%, atingindo mais de US$ 8 trilhões.

No Brasil e nos mercados emergentes, o panorama de investimentos responsáveis ainda é bastante incipiente. Existem alguns obstáculos, como a baixa liquidez do mercado secundário e a baixa participação de investidores pessoas físicas, que atrasam o desenvolvimento de iniciativas verdes.

Contudo, as novas dinâmicas apontam cada vez mais que a transição para uma economia sustentável já está em curso, inclusive, sendo sentida pelas novas gerações e com reflexo direto nos investimentos. Os millennials foram os primeiros a vivenciar o que parece ser um processo lento, porém, irreversível. Em um futuro não muito distante, espera-se ser possível observar a grande gênese da Geração Verde.

<<QUERO INVESTIR DE FORMA SUSTENTÁVEL E MODERNA>>

E você, já sabe como investir de forma sustentável e moderna? Acompanhe os conteúdos da Levante no site e nas redes sociais e mantenha-se bem informado sobre o assunto. Fique de olho porque em breve, teremos novidades sobre o assunto.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Recomendado para você

Nova CPMF engavetada

Após reunião do presidente com líderes partidários, o governo optou por engavetar a segunda etapa de sua reforma tributária. Conforme mencionado no E Eu Com

Hapvida faz aquisição

A Hapvida (HAPV3) emitiu na noite desta segunda-feira (28) um comunicado ao mercado informando a aquisição do Grupo Santa Filomena por 45 milhões de reais.

Fechar Menu
Fechar Painel