Telefonica-Vivo2-div

Vivo e Tim no foco

A Telefônica Brasil, mais conhecida pelo nome comercial Vivo, anunciou que vai lançar no dia 24 deste mês a sua rede 5G DDS, cuja tecnologia utiliza redes de frequência já disponíveis. O lançamento será realizado inicialmente em oito capitais brasileiras: São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Salvador, Rio de Janeiro, Goiânia, Curitiba e Porto Alegre. Atualmente são poucos os aparelhos celulares no mercado que suportam esse tipo de conexão, o que limita sua utilização no curto prazo.

O 5G DDS não tem a mesma capacidade que a tecnologia 5G terá, além de operar em frequências não ideais para a tecnologia. Mesmo assim, a expectativa é que ela seja capaz de multiplicar a velocidade de conexão em duas vezes.

O leilão do 5G, a ser realizado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), deve ocorrer apenas no primeiro semestre do ano que vem devido à pandemia da Covid-19. Nele serão leiloadas redes de alta frequência exclusivas para a tecnologia 5G, visto que elas precisam de uma frequência própria para operar em plena capacidade e com a segurança necessária.

A Tim também apresentou novidades e planos de expansão no segmento fixo e móvel. A operadora de telecomunicações contratou o banco UBS com o intuito de buscar sócios para aumentar a sua infraestrutura de ativos físicos associados à operação fixa, aumentando a sua capacidade de oferta de serviços de banda larga de alta velocidade através da tecnologia de fibra ótica (FTTH).

Além disso, a Tim Brasil recebeu o aval da “matriz” Telecom Itália para que sejam aprovados os termos da oferta vinculante para aquisição dos ativos móveis da brasileira Oi. Mais um importante passo em direção a esta importante transação.

A notícia da Vivo (VIVT3/VIVT4) é positiva para a companhia, mas com pouco potencial de impacto nos resultados no curto prazo. Dessa forma, esperamos impacto neutro nas ações da Vivo e um desempenho em linha com o Ibovespa na sessão de hoje.

A companhia deve utilizar a tecnologia 5G DDS como uma espécie de prévia para o ano que vem, quando ela deve entrar de forma agressiva no leilão do 5G no Brasil. Segundo especialistas a tecnologia 5G será capaz de transformar os serviços de telecomunicações e o seu uso estará associados a diversas tecnologias avançaram que precisarão inevitavelmente da sua capacidade, como os carros autônomos e a telemedicina, por exemplo.

O leilão do 5G será um dos grandes catalisadores das ações do setor em 2021.

Já para a TIM ambas notícias são positivas, mas aquela associada à oferta vinculante pelo negócio móvel da Oi é a mais importante no curto prazo e por isso esperamos impacto positivo no preço das suas ações (TIMP3) na sessão de hoje.

A Vivo (VIVT3/VIVT4) é líder do mercado de telefonia móvel no Brasil há alguns anos. Segundo os dados mais atuais da ANATEL de maio, ela possui 33 por cento de participação de mercado, enquanto a TIM (TIMP3) e a terceira colocada com 23,2 por cento e a Oi (OIBR3) é a quarta com 16,3 por cento.

Uma possível aquisição integral da TIM com a Oi Móvel a colocaria no primeiro lugar em termos de Market Share no segmento móvel no Brasil. Contudo, a tendência é que outras companhias também comprem parte do negócio (Vivo, Claro, Algar), que de acordo com a Oi está avaliado em no mínimo 15 bilhões de reais.

A TIM é uma companhia majoritariamente ligada aos serviços móveis. No primeiro trimestre de 2020 apenas 5,6 por cento da sua receita líquida foi proveniente do segmento fixo. Na parte de Banda Larga a TIM é apenas a quinta colocada em participação de mercado no Brasil, com fatia de apenas 1,8 por cento.

A contratação do banco UBS para auxiliá-la na expansão deste segmento é positiva e mostra a preocupação da companhia em ampliar a sua capacidade de operar este segmento, bastante promissor, mas ainda incipiente nos seus negócios.

* Este conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara as notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

Leia também: A China é logo ali. Forte desempenho da Vale.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Política Sem Aspas

As vantagens competitivas de Brasília

Nesses quase três anos de Levante, pude absorver muitos novos conteúdos relacionados ao mercado financeiro e trocar muito conhecimento relevante com outros membros da equipe.

Read More »
E eu com isso

STF decide reeleição

Como esperado, já se iniciou o julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) para definir se os presidentes da Câmara e do Senado podem concorrer à

Read More »
eletrobras
E eu com isso

Privatização da Eletrobras

Uma das medidas mais urgentes para conter o avanço da dívida pública nos próximos anos é a venda de ativos e privatizações por parte do

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel