uber eeci

Uber divulga 4T20

A Uber apresentou nesta quarta-feira (10) os seus resultados do quarto trimestre de 2020. Os números foram mistos, com a mobilidade (caronas) vindo bem abaixo do esperado, algo que foi parcialmente compensado pelo delivery (Uber Eats). Assim, as receitas decepcionaram, enquanto o lucro líquido veio em linha com as expectativas.

As vendas brutas totais (Gross Billings) foram de 17,15 bilhões de dólares, em linha com o esperado. Porém, a receita líquida acabou vindo abaixo: 3,16 bilhões de dólares, queda de 15,1 por cento na comparação anual. Esperava-se algo em torno dos 3,5 a 3,6 bilhões de dólares.

Neste trimestre, o número de consumidores médios mensais ativos ficou em 93 milhões, 19 por cento a mais que no 3T20, mas 16 por cento a menos que no 4T19. O número de viagens foi de 1,44 bilhões: 25,5 por cento a mais que no 3T20, mas 24,3 por cento a menos que no 4T19.

O resultado operacional medido pelo Ebitda foi negativo em 454 milhões de dólares, com margem negativa de 14,3 por cento. No 4T19, a margem Ebitda havia sido negativa em 16,5 por cento.

Por fim, o resultado líquido por ação foi um prejuízo de 0,54 dólares por ação, em linha com o esperado. O resultado foi melhor que no 4T19, quando o resultado líquido por ação foi um prejuízo de 0,64 dólares por ação.

E Eu Com Isso?

O resultado da Uber veio misto. Como as ações subiram 5,9 por cento na véspera e a linha de receitas – fator muito importante para empresas sensíveis à tese de investimento ligada ao crescimento – decepcionou, esperamos um desempenho negativo no preço das ações UBER na sessão desta quinta-feira.

O resultado da Uber é quase todo oriundo das suas operações de mobilidade (caronas) e delivery de comida (Uber Eats). Das vendas brutas totais, que é o que efetivamente pagamos quando pedimos “um Uber” ou alguma refeição através da plataforma Eats, a Uber fica com uma comissão (take rate) em cima do pedido, que no caso das caronas é em torno dos 23-24 por cento e no caso das comidas, na casa dos 13 por cento.

Neste trimestre, as comissões (take rate) não sofreram grandes alterações. Logo, elas não são responsáveis pela decepção na linha de receitas.

O que aconteceu foi uma “piora de mix de canal”. Esperava-se um desempenho melhor da mobilidade. Contudo, as vendas brutas totais deste canal caíram 49,8 por cento na comparação com o mesmo período de 2019, variação quase igual ao 3T20, quando a queda foi de 53 por cento. O delivery até surpreendeu: cresceu 130 por cento, repetindo a taxa apresentada no 3T20, mas não foi o suficiente para compensar o principal segmento.

Além de uma comissão maior, a mobilidade é, do ponto de vista operacional, bem mais madura, com margem Ebitda positiva, na casa dos 15-20 por cento. Já a Uber Eats, ainda apresenta margem negativa, mas com uma melhora trimestre a trimestre. A margem saiu de -100 por cento no 4T19 para margem de -10,7 por cento neste trimestre.

O caso de investimento da Uber é totalmente ligado à estratégia de crescimento/Growth. O resultado operacional ainda é negativo, mas há uma clara tendência de ganhos de escala trimestre a trimestre.

A pandemia adiou o plano da Uber de registrar seu primeiro lucro trimestral. Mesmo assim, o mercado segue otimista com a tese: as ações sobem 49 por cento nos últimos 12 meses, enquanto o S&P 500 registra ganhos de 16,7 por cento.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

Para ficar por dentro do universo dos investimentos de maneira prática, clique abaixo e inscreva-se gratuitamente!

e-eu-com-isso

Leia também: Itaú (ITUB4): Resultado do 4T20.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Brasília - E Eu Com Isso - Levante
E eu com isso

O tempo não para em Brasília

A semana em Brasília será bastante movimentada, mesmo com o feriado nacional de Tiradentes nesta próxima quarta-feira (21). No radar, dois acontecimentos bastante importantes do

Read More »
Lojas Renner - LREN3 - Levante Investimentos
E eu com isso

Follow-on da Lojas Renner (LREN3)

Na tarde de sexta-feira (16), a Lojas Renner confirmou o planejamento de uma oferta subsequente de ações (follow-on), em resposta à notícia veiculada mais cedo

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel