shutterstock_1169616739

Sulamérica (SULA11) – Resultado do quarto trimestre de 2019

Sulamérica (SULA11) – Resultado do quarto trimestre de 2019

O resultado do quarto trimestre de 2019 da Sulamérica (SULA11) foi bom e veio em linha com as expectativas em termos de lucro líquido, que totalizou 453 milhões de reais no trimestre e 1,2 bilhão de reais em 2019, aumento de 30,7 por cento em relação a 2018.

O principal ponto positivo foi a melhora na margem bruta operacional, com aumento de 15,8 por cento no lucro bruto, impulsionado pela queda no índice de sinistralidade (74,3 por cento) com ganho de 0,3 pontos percentuais em relação ao mesmo período de 2018.

No lado negativo destaque para o aumento das despesas operacionais e queda no resultado financeiro.

A carteira de beneficiários de planos de saúde e planos odontológicos atingiu 4 milhões de beneficiários, crescimento de 17,3 por cento em relação a dezembro de 2018.

A receita operacional totalizou 5,8 bilhões de reais, crescimento de 7,6 por cento em relação ao mesmo período do ano anterior.

O lucro líquido foi positivamente afetado por uma reversão de passivo fiscal diferido no valor de 50 milhões de reais.

Outro ponto positivo foi a rentabilidade do portfólio de ativos próprios: 122,5 por cento do CDI no trimestre e 116,8 por cento do CDI em 2019. A Sulamérica encerrou 2019 com um total de 46 bilhões de reais em ativos sob gestão, aumento de 10,7 por cento em relação a 2018, com forte aumento em ativos de terceiros e fundos de previdência.

Esperamos impacto ligeiramente positivo no preço das ações (SULA11) no curto prazo, pois parte do aumento da rentabilidade da companhia, com retorno sobre o patrimônio líquido (ROE) de 17,6 por cento, já está incorporadora ao preço das ações.

A companhia entregou um dos melhores resultados em termos de redução nos índices de sinistralidade desde 2010, com bom controle sobre as despesas operacionais, que diminuíram como percentual da receita: 8,3 por cento em 2019 (8,7 por cento em 2018).

A venda de divisão de seguros de automóveis para a Allianz deverá ser concluída no terceiro trimestre de 2020.

O resultado teve a ajuda de alguns itens não recorrentes, mas mesmo assim a companhia conseguiu melhorar a rentabilidade na sua operação. Acreditamos que a companhia está no caminho certo para o crescimento dos lucros no futuro.

* Esse conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

Leia também: Magazine Luiza (MGLU3) – Resultado do quarto trimestre de 2019

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Plano & Plano - E Eu Com Isso
E eu com isso

Plano&Plano: prévia do 4T20

Na terça-feira (19), após o fechamento do mercado, a Plano&Plano divulgou sua prévia operacional referente ao 4T20. Em termos de lançamentos, no acumulado do ano,

Read More »
Diversificação de Investimentos - E Eu Com Isso
E eu com isso

Diversificar é preciso

Esta quarta-feira (20) está marcada por dois eventos importantes. Um deles é a posse de Joseph Biden como 46º presidente dos Estados Unidos. Outro, mais

Read More »
Netflix - E Eu Com Isso
E eu com isso

Netflix: Resultado do 4T20

A Netflix (NFLX/NFLX34) apresentou nesta terça-feira (19), os seus resultados do quarto trimestre de 2020. A receita líquida e o resultado operacional medido pelo Ebit

Read More »
helbor
E eu com isso

Helbor (HBOR3): Prévia do 4T20

Na segunda-feira (18), após o fechamento do mercado, a Helbor (HBOR3) divulgou sua prévia operacional com os principais indicadores do último trimestre de 2020 e

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel