Sinqia-fachada-div-sinqia

Sinqia (SQIA3) – Resultado do primeiro trimestre de 2020

O resultado do primeiro trimestre da Sinqia (SQIA3) foi regular e veio em linha com as expectativas em termos de receita líquida, mas abaixo do esperado em termos de Ebitda e lucro líquido.

O principal destaque positivo foi o maior percentual da série histórica referente à renda recorrente: 84,7 por cento. 

O lado negativo foi a queda do lucro bruto de Serviços e dos custos com implantações de 5,6 milhões de reais, principais responsáveis pelo Ebitda abaixo do esperado.

A receita líquida totalizou 48,6 milhões de reais, crescimento de 26,2 por cento em relação ao mesmo período de 2019. 

A geração de caixa medida pelo Ebitda atingiu 3,4 milhões de reais no trimestre, representando uma queda de 5,7 por cento em relação ao primeiro trimestre de 2019. Com isso, a margem Ebitda ficou em 7,0 por cento em 2019 (9,3 por cento no primeiro trimestre do ano passado).

O número total de clientes cresceu para 351, sendo que o maior cliente contribuiu para 5,0 por cento da receita, ante 9,6 por cento no primeiro trimestre de 2019.

Na última linha o lucro líquido somou 1,5 milhão de reais no trimestre, ante 700 mil reais no mesmo período do ano passado.

Esperamos impacto ligeiramente positivo no preço das ações da Sinqia (SQIA3) no curto prazo. 

Apesar da lucratividade continuar pressionada pelos custos elevados com implantações e queda no lucro bruto de Serviços, a empresa segue expandindo sua receita líquida e renda recorrente.

Quanto aos efeitos da Covid-19 nesse primeiro trimestre, a empresa notou retração das vendas a partir da segunda metade de março, mas com efeitos irrelevantes sobre a receita, os custos, o lucro bruto e as despesas. A empresa também antecipou a aquisição de computadores (notebooks) para que os seus funcionários pudessem trabalhar em casa (home office).

Por fim, a empresa permanece em uma situação financeira confortável, com posição de caixa líquido de 246 milhões de reais, fruto de sua oferta de ações (follow-on) no fim de 2019 para financiar o seu crescimento por meio de aquisições. 

Com um total de 14 aquisições desde 2005, sendo cinco apenas em 2019, a empresa agora reavalia suas próximas fusões e aquisições, até então um dos principais catalisadores da companhia. 

A expectativa é manter uma postura mais conservadora, visando manter liquidez elevada e alavancagem baixa. Segundo a empresa, as oportunidades continuam existindo em abundância, e ela aguardará o momento correto, sem prejudicar o plano de longo prazo.

Em maio, a Sinqia passou a integrar o Índice Small Caps (SMLL), que reúne as empresas mais negociadas com menor capitalização de mercado da Bolsa brasileira, com participação de 0,5 por cento no SMLL.

A entrada no SMLL certamente aumenta a visibilidade da companhia e deve atrair os investidores institucionais que desejam replicar a carteira do Índice, o que deve impulsionar ainda mais o volume negociado do papel. Com certeza, a entrada no SMLL foi um dos motivos da forte alta recente dos papéis (alta de 38,5 por cento em abril ante alta de 10,25 por cento do Ibovespa).

A liquidez das ações aumentou, com volume médio negociado de 25 milhões de reais no trimestre e uma base acionária de 101,5 mil investidores.

Os principais catalisadores da Sinqia são: crescimento da receita recorrente, adiamento da receita recorrente devido aos custos de implantação de software e estratégia de crescimento por meio de aquisições.

* Este conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara as notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

Leia também: Banco Itaú Unibanco (ITUB4) – Resultado do primeiro trimestre de 2020

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Recomendado para você

Artigos

Resultados do 2T20 da CVC

A CVC (CVCB3) apresentou nesta segunda-feira (20), após o fechamento do mercado e com atraso, seus resultados do segundo trimestre de 2020. Como era de

Read More »
Política Sem Aspas

O desafio do teto – parte I

No Comentário de nº 9 da Instituição Fiscal Independente, “Considerações sobre o teto de gastos da União”, Felipe Salto, Daniel Couri e Josué Pellegrini recortam

Read More »
Fechar Menu

Fechar Painel