TIM Brasil

Resultado da TIM Brasil

A Tim Brasil (TIMS3) apresentou nesta terça-feira (03), após o fechamento do mercado, o seu resultado do 3T20 e que, na nossa avaliação, foi regular e um pouco acima das expectativas considerando a desvalorização recente das ações.

O principal destaque positivo foi o crescimento de 16,4 por cento na receita de serviço fixo, que foi puxada pelo ótimo desempenho da TIM Live com crescimento de 29,1 por cento na comparação anual.

A receita de serviços móvel se manteve praticamente estável na comparação anual, com um crescimento de 0,4 por cento, resultando em um crescimento de 1,2 por cento da receita líquida total da companhia.

Outro destaque positivo ficou por conta do crescimento de 9,4 por cento do ARPU (receita média por usuário) de clientes pré-pago e o crescimento de 4,5 por cento no segmento pós-pago.

Os resultados da TIM Brasil vieram relativamente bons, considerando que as ações sofreram forte desvalorização desde o começo de outubro, uma queda de cerca de 12 por cento até dia 3 de novembro enquanto o Ibovespa cresceu 0,6 por cento. No ano, a queda é superior a 27 por cento.

Acreditamos que a recente desvalorização das ações foi causada, parcialmente, por uma baixa expectativa após o resultado da Vivo. Como a Tim apresentou desempenho levemente superior, esperamos uma leve alta no preço das ações (TIMS3) no pregão desta quarta-feira (4)

Vale destacar que no segmento móvel, o crescimento de apenas 0,4 por cento da TIM foi superior ao da Vivo, com queda de 1 por cento, porém abaixo do observado da Claro que cresceu impressionantes 8,1 por cento de crescimento no mesmo período.

Outro ponto importante foi o crescimento da receita média por usuário (ARPU) móvel, tanto no pré-pago quanto no pós-pago, atingindo 13,1 reais e 46,1 reais respectivamente, se aproximando cada vez mais da Vivo. A Vivo historicamente sempre conseguiu ter um prêmio em relação aos seus competidores com um ARPU pré-pago de 13,4 reais e 50,6 no pós-pago reportado também no terceiro trimestre.

Apesar do bom crescimento das receitas fixas, o segmento ainda apresenta uma parte pequena da receita da empresa (6,2 por cento do total), porém vemos com bons olhos o aumento da participação da TIM Live no total desse segmento, atingindo 60,2 por cento e esperamos cada vez mais que esse seja um fonte de crescimento para a companhia.

O Ebitda normalizado teve um crescimento de 0,8 por cento com uma leve diminuição de 0,2 pontos percentuais na margem normalizada, atingindo 47,3 por cento.

O Lucro líquido normalizado, por sua vez, apresentou uma queda de 20,9 por cento em relação a 3T19, principalmente por conta de créditos fiscais que ocorreram no ano anterior.

O principal catalisador das ações da TIM Brasil (TIMS3) e do setor de telecomunicações segue sendo as tratativas para compra do segmento móvel da Oi (OIBR3), novela que deve ganhar novos capítulos em breve.

* Este conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara as notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Verizon (VZ) - Levante Ideias
E eu com isso

Resultados da Verizon (VZ) do 1T21

A Verizon Communications Inc (VZ) divulgou nesta quarta-feira (21) os seus resultados do primeiro trimestre de 2021. Os números vieram bons, com receita líquida acima

Read More »
Levante Ideias - Helbor
E eu com isso

Prévia da Helbor (HBOR3)

Em 20 de abril, a Helbor divulgou, após fechamento do mercado, sua prévia operacional do primeiro trimestre de 2021. Como outras empresas do setor, a

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel