itausa eeci

Resultado da Itaúsa

A Itaúsa (ITSA3/ITSA4) divulgou nesta segunda-feira (10), após o fechamento do mercado, o seu balanço referente ao 2T20. Por ser uma empresa de participações (holding) com praticamente 100 por cento do capital investido em companhias de capital aberto que já reportaram seus resultados previamente, os números não apresentaram grandes surpresas.

O principal destaque negativo foi na linha de lucro líquido recorrente, que totalizou 1.423 milhões de reais, queda de 41 por cento na comparação anual. Com isso, o seu indicador de Retorno Sobre o Patrimônio Líquido Recorrente (ROE) foi de 9,4 por cento no primeiro semestre de 2020, 8,4 pontos percentuais a menos que no mesmo período de 2019.

O Banco Itaú, principal companhia investida pela Itaúsa, apresentou queda de 42 por cento no seu lucro líquido recorrente no período, muito por conta do aumento das provisões para devedores duvidosos e a queda na sua receita de serviços com menor atividade econômica.

Outro importante fator a ser analisado no caso de Itaúsa – o desconto de holding, que demonstra o desconto do somatório do valor de mercado das suas participações (Itaú, Alpargatas e Duratex) em relação o valor de mercado das suas ações (Itaúsa) fechou o trimestre em 20,1 por cento, acima da média dos últimos trimestres.

Contudo, como em julho as ações da Itaúsa (ITSA4) apresentaram alta de 11,2 por cento e as ações do Itaú (ITUB4) subiram menos (5,7 por cento), o desconto “fechou” para 16,4 por cento no último mês.

Como o resultado não apresentou grandes novidades, esperamos que as ações da Itaúsa (ITSA3/ITSA4) apresentem um desempenho em linha com o Ibovespa na sessão desta terça-feira.

No ano as ações preferenciais da Itaúsa (ITSA4) recuam 23,6 por cento, desempenho inferior ao do principal índice acionário do mercado brasileiro, que recua 10,5 por cento.

Apesar do desempenho ruim das ações da companhia em 2020, a base de acionistas Pessoa Física passou de 363,5 mil em dez/19 para 750,5 mil pessoas em junho/20, um crescimento de 106 por cento.

Todas as companhias de capital aberto investidas (Banco Itaú, Alpargatas e Duratex) apresentaram queda nos seus lucros no 2T20 devido à Covid-19. Contra intuitivamente, o Banco Itaú foi o menos atingido a partir deste critério neste período, visto que a queda no seu lucro recorrente foi de 42 por cento, enquanto no caso de Alpargatas foi de 63 por cento e de Duratex de 97 por cento.

Além da queda no lucro, a Itaúsa terá seu potencial de distribuição de proventos, marca registrada da companhia, bastante reduzida em 2020. O Banco Central limitou temporariamente a distribuição de dividendos das instituições financeiras acima do mínimo estatutário, ou seja, o payout (parcela dos lucros distribuída através de proventos) do Banco Itaú, maior exposição da Itaúsa, não passará os 25 por cento do lucro líquido.

Com isso o dividendo anunciado juntamente com o resultado foi de apenas 0,02 reais por ação, com data de corte no dia 17/08 e pagamento em 26/08. O Retorno do Provento é de 0,2 por cento.

Esperamos que a retomada da distribuição de proventos se concretize em 2021. No momento as ações da Itaúsa (ITSA4) negociam com um dividend yield projetado 2021 próximo aos 4,5 por cento, um patamar que julgamos ser bastante atrativo. Nós temos recomendação aberta para a compra das ações ITSA4.

* Este conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara as notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Recomendado para você

Artigos

Resultados da WEG

A Weg (WEGE3) apresentou nesta quarta-feira (21), antes da abertura dos mercados, os seus resultados referentes ao 3T20. Os números vieram bons e acima das

Read More »
Artigos

Resultados do 2T20 da CVC

A CVC (CVCB3) apresentou nesta segunda-feira (20), após o fechamento do mercado e com atraso, seus resultados do segundo trimestre de 2020. Como era de

Read More »
Política Sem Aspas

O desafio do teto – parte I

No Comentário de nº 9 da Instituição Fiscal Independente, “Considerações sobre o teto de gastos da União”, Felipe Salto, Daniel Couri e Josué Pellegrini recortam

Read More »
Fechar Menu

Fechar Painel