reforma da previdência

Reforma administrativa não é prioridade para 2020

Reforma administrativa não é prioridade para 2020

A mensagem presidencial que foi entregue pelo presidente Bolsonaro para o Congresso, nesta segunda-feira (3), acabou não mencionando a reforma administrativa. A intenção da lista era transmitir aos deputados e senadores quais são os temas prioritários do governo para 2020. Na mensagem, Bolsonaro defendeu a necessidade de votação dos projetos de privatizações da Eletrobras, do programa Verde-Amarelo, da reforma tributária e da independência fiscal, entre outras medidas.

Segundo o ministro Onyx Lorenzoni, responsável por ir entregar a mensagem de Bolsonaro, a reforma administrativa está “no contexto de que nós continuaremos reformando o Brasil”. Em outras palavras, o ministro acabou desconversando sobre a reforma – que já está atrasada e cujo texto final ainda não chegou às Casas Legislativas.

A ausência da reforma administrativa no texto pode nos trazer algumas conclusões. A primeira delas, a mais óbvia, é que o governo e o Congresso estão mais inclinados a trabalhar pela reforma tributária em primeiro lugar. A segunda é que, como já mencionei no início desse ano, a reforma administrativa deve ficar para, no mínimo, 2021. Assim, o governo terá até mais tempo para negociar mudanças sobre servidores e outras classes que apresentam resistências em relação ao projeto.

* Esse conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

Leia também: Governo pode conceder subsídio da conta de luz para igrejas

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - Federal Reserve
E eu com isso

O Fed e a China

A terça-feira (27) começa com os mercados sob forte expectativa do que vai ocorrer nas principais economias. Há pontos que demandam atenção nos Estados Unidos,

Read More »
Levante Ideias - Dinheiro
E eu com isso

Veto ao fundão

O presidente Bolsonaro confirmou, nesta segunda-feira (26), que deve vetar o montante de R$ 5,7 bilhões destinados ao Fundo Especial de Financiamento de Campanhas (mais

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel