bolsa-em-alta

O brilho de novembro

O mês de novembro está se encerrando como o melhor de 2020 até agora. Até a sexta-feira (27), o Ibovespa havia subido 17,7 por cento, retornando ao patamar de 110 mil pontos. O desempenho do mês que se encerra hoje reduziu a perda da bolsa no acumulado do ano para 4,4 por cento. Só para comparar, no fim de março, primeiro mês em que a pandemia do coronavírus afetou as cotações, a queda era de 36,9 por cento.

Houve vários motivos para esse bom desempenho. O primeiro, e mais fundamental, foi a forte entrada de recursos internacionais no mercado brasileiro. Até a sexta-feira (27), a estimativa era que 30 bilhões de reais haviam entrado no mercado brasileiro. Foi o maior valor mensal desde que a Bolsa começou a fazer esse levantamento, em 1995.

O otimismo global provocado pela eleição de Joe Biden nos Estados Unidos e, principalmente, as boas notícias relacionadas ao avanço das vacinas contra a covid-19 elevaram a demanda internacional por riscos. Isso beneficiou todos os países emergentes, e o Brasil não foi exceção. Tanto que isso reduziu as cotações da moeda americana e fez com que o Ibovespa apresentasse uma valorização de 27 por cento em dólares, uma das maiores para o mês dentre as bolsas de países emergentes. Só para comparar, na Coreia do Sul o índice Kospi valorizou-se

A melhora do humor global foi duplamente benéfica para o mercado acionário brasileiro. Por um lado, os investidores internacionais se aproveitaram de ações cujos preços demoraram para acompanhar a alta iniciada em outubro, como por exemplo os papéis de bancos. Por outro, a melhora global das cotações de commodities como petróleo e minério de ferro beneficia ações importantes, como Petrobras e Vale, que têm grande peso na B3 e influenciam o movimento do mercado como um todo.

Boletim Focus

A prévia semanal das expectativas dos agentes econômicos divulgada pelo Banco Central (BC) às segundas-feiras confirmou a tendência das últimas edições. A projeção para o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) de 2020 voltou a melhorar. A expectativa agora é de uma retração de 4,50 por cento, levemente melhor que os 4,55 por cento de queda esperados na semana passada. Para 2021, a projeção é um crescimento de 3,45 por cento, melhor que os 3,40 por cento da edição anterior. A inflação esperada avançou para este ano e para o próximo. O IPCA previsto para 2020 subiu de 3,45 por cento para 3,54 por cento, e a estimativa para 2021 avançou de 3,40 por cento para 3,47 por cento.

Indicadores

O Índice de Confiança de Serviços (ICS), da Fundação Getulio Vargas, recuou 2,1 pontos em novembro, para 85,4 pontos, registrando a segunda queda consecutiva. Em médias móveis trimestrais, o índice se manteve praticamente estável variando 0,1 ponto. Houve queda do ICS em 9 dos 13 segmentos pesquisados. O Índice de Situação Atual (ISA-S) variou 0,3 ponto, para 79,5 pontos, mantendo tendência crescente iniciada em maio em ritmo gradual. O Índice de Expectativas (IE-S), por sua vez, caiu 4,4 pontos, para 91,3 pontos, registrando a segunda queda consecutiva. O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (NUCI) do setor de serviços aumentou 1,8 ponto percentual para 83,1 por cento, o maior valor desde novembro de 2015 (83,2 por cento).

Impactos na prática

O movimento geral do mercado é positivo. No entanto, os contratos futuros de Ibovespa e do índice americano S&P 500 estão iniciando a semana com leves quedas, em uma tentativa de realização dos lucros dos últimos dias. O mercado pode apresentar uma baixa pontual de curto prazo.

—— ——

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

Para ficar por dentro do universo dos investimentos de maneira prática, clique abaixo e inscreva-se gratuitamente!

e-eu-com-isso

—— ——

Leia também: Contra fluxo não há argumentos.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

E eu com isso

Fibra curta na Europa

A penúltima semana de janeiro apresentou preços de celulose em forte alta, com o aumento de 14,61 dólares no preço da fibra curta no mercado

Read More »
E eu com isso

Resultados da Microsoft

A Microsoft (MSFT) apresentou nesta terça-feira (26) os seus resultados do segundo trimestre do ano fiscal 2021, o que equivale ao quarto trimestre do ano

Read More »
previdência
E eu com isso

Racha no DEM

O DEM está rachado para as eleições legislativas de 2021, especialmente no que diz respeito ao apoio na Câmara dos Deputados. Enquanto a posição oficial

Read More »
Light - E Eu Com Isso
E eu com isso

Dívida da Light (LIGT3)

Nesta terça-feira (26), a Light comentou sobre seus planos estratégicos após as recentes mudanças de gestão e em sua estrutura acionária. Há aproximadamente dois meses,

Read More »
cielo
E eu com isso

Cielo (CIEL3): resultado 4T20

Nesta terça-feira (26) a Cielo (CIEL3), maior adquirente da América Latina, divulgou seus resultados do último trimestre do ano, dando o pontapé inicial na temporada

Read More »
Logo XP
E eu com isso

XP Inc.: dados do 4T20

A XP Inc (XP na NASDAQ) divulgou nesta terça-feira (26), antes da abertura do mercado dos Estados Unidos, sua prévia do resultado do quarto trimestre

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel