banco do brasil

Números do Banco do Brasil

O Banco do Brasil (BBAS3) divulgou o resultado do terceiro trimestre de 2020 nesta quinta-feira (5) antes da abertura do mercado. O resultado foi regular e veio um pouco abaixo do esperado em termos de lucro líquido e ROE.

O lucro líquido ajustado totalizou 3,5 bilhões de reais no trimestre, uma queda de 23,3 por cento em relação ao mesmo período de 2019 e aumento de 5,2 por cento em relação ao segundo trimestre de 2020.

O retorno sobre o patrimônio líquido (ROE) foi de 12,0 por cento no trimestre, queda de 6,0 pontos percentuais na comparação anual e praticamente estável em relação ao segundo trimestre de 2020 (ROE de 11,9 por cento).

As provisões prudenciais adicionais do Banco do Brasil para possíveis calotes (créditos de liquidação duvidosa) atingiram 2,0 bilhões de reais, estáveis em relação ao 2T20 e em linha com as provisões adicionais reportadas pelo Itaú (1,7 bilhão).

O índice de inadimplência acima de 90 dias ficou controlado em 2,43 por cento, queda em relação ao 2T20 (2,9 por cento).

No lado negativo destaque para a queda na receita de prestação de serviços, com redução de 1,8 por cento de janeiro a setembro de 2020 em relação ao mesmo período de 2019.

O destaque positivo foi o controle nas despesas administrativas: redução de 0,4 por cento em relação ao 2T20 e crescimento de apenas 1,7 por cento (abaixo da inflação) no acumulado dos noves primeiros meses de 2020 em relação ao mesmo período de 2019.

Por último, a carteira de crédito apresentou crescimento de 6,4 por cento na comparação anual de janeiro a setembro de 2020, com destaque para o crescimento do crédito consignado (15,2 por cento) e das pequenas e médias empresas (17,9 por cento).

O resultado do BB veio um pouco abaixo das expectativas, assim, esperamos um impacto negativo no preço das ações (BBAS3) no curto prazo.

Acreditamos que o mercado antecipou um resultado trimestral um pouco melhor que o esperado para os grandes bancos no 3T20, o que se refletiu em bom desempenho das ações dos bancos em outubro: as ações do Banco do Brasil (BBAS3) chegaram a ter alta de 13,6 por cento, mas terminaram o mês valorização de apenas 0,6 por cento, comparado à queda de 0,69 por cento do Ibovespa no período.

O aumento da aversão ao risco, impulsionado por três principais fatores: eleições no EUA, segunda onda da Covid-19 e situação das contas públicas do Governo, derrubou o preço das ações dos bancos na última semana de outubro.

As ações do Banco do Brasil (BBAS3) acumulam queda de 41,8 por cento em 2020, comparado à redução de 18,8 por cento no Ibovespa no mesmo período.

Na nossa visão esse desempenho mais negativo no preço das ações do BB se deve:

i) ao aumento da concorrência;

ii) ao novo sistema de pagamentos (PIX) e;

iii) ao possível aumento de impostos a ser discutido no Congresso Nacional.

Existe uma sensação no mercado de que o pior momento da pandemia está ficando para trás, mas o BB manteve o mesmo nível de provisões prudenciais no terceiro trimestre.

O Banco do Brasil anunciou pagamento de juros sobre o capital próprio (JCP) de 0,1948 reais, equivalente a um retorno líquido (de IR) de 0,55 por cento. As ações (BBAS3) serão negociadas “ex-JCP” em 17 de novembro, com pagamento do JCP em 27 de novembro.

Os principais catalisadores das ações do Banco do Brasil são:

i) a evolução dos índices de inadimplência;

ii) a redução de despesas operacionais e;

iii) o aumento da concorrência que coloca pressão na receita de serviços.

* Este conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara as notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Recomendado para você

Domingo de Valor

Múltiplo P/VPA

Na coluna de hoje eu encerro a série sobre avaliação de empresas (valuation). Irei falar sobre o múltiplo P/VPA, um dos múltiplos de avaliação mais

Read More »
E eu com isso

Alta na fragmentação partidária

A fragmentação partidária, no âmbito do Executivo municipal, aumentou pela quinta vez consecutiva em eleições municipais no Brasil. Em 2004, as cinco principais legendas concentravam

Read More »
E eu com isso

Novidades entre Itaú e XP

Nesta segunda-feira (30), após o fechamento do mercado a XP divulgou um fato relevante anunciando a emissão de um follow-on que deve injetar cerca de

Read More »
Ações do Índice Bovespa em telão.
E eu com isso

Dezembro com lucro

O último mês do ano não costuma ser um período de fortes emoções na bolsa. Explica-se. Os investidores profissionais, que administram recursos de terceiros, costumam

Read More »
E eu com isso

Destaques do Petrobras Day

Nesta segunda-feira (30), a Petrobras realizou o evento virtual anual da companhia, o Petrobras Day, para apresentar maiores detalhes do plano de negócios 2021-2025, divulgado

Read More »
E eu com isso

Resultados do segundo turno

Os resultados do segundo turno das eleições municipais vieram em linha com o esperado. Conforme previmos, Bruno Covas (PSDB) venceu em São Paulo, Eduardo Paes

Read More »
Fechar Menu

Fechar Painel