multiplan-div

Multiplan (MULT3) – Venda de torre comercial para Fundo Imobiliário (FII)

A Multiplan (MULT3) anunciou na terça-feira (19) que assinou uma carta de intenção de venda da sua torre de escritórios Diamond Tower. O edifício é uma das duas torres que fazem parte do complexo Morumbi Corporate em São Paulo e onde estão lotados inquilinos de grandes empresas com Samsung, Cargill e Oracle. Segundo informações do mercado, a transação envolve a quantia de 810 milhões de reais.

O comprador é o BC Fund (BRCR11), um dos fundos imobiliários mais tradicionais do Brasil e o maior na categoria das lajes corporativas. Nos últimos anos, a estratégia do FII tem sido migrar a sua carteira de ativos para empreendimentos localizados em São Paulo em detrimento aos do Rio de Janeiro e preferencialmente do tipo AAA, como o recém adquirido.

Ainda segundo as informações preliminares, a taxa de capitalização (cap rate), lucro operacional do empreendimento (NOI) dividido pelo valor total do imóvel) seria de 7,5 por cento ao ano para o BC Fund, com valor equivalente a 22 mil reais por metro quadrado.

A notícia, quando for confirmada, é positiva para os cotistas do BC Fund (BRCR11), pois demonstra a continuidade da execução dos gestores em alinhar seu portfólio à estratégia de migração do portfólio para São Paulo. 

Acreditamos que a notícia será bem recebida pelos acionistas da Multiplan (MULT3), com impacto positivo no preço das ações no curto prazo, pois a companhia irá reforçar o seu caixa em tempos de quarentena com os seus shopping centers ainda fechados e manter o foco em shopping centers em que tem bastante experiência no mercado.

Contudo, a torre representa apenas 5,5 por cento da área bruta locável (ABL) própria da Multiplan e o impacto nos resultados será apenas marginal. Além disso, os executivos podem estar preparando terreno para aproveitar futuras oportunidades no mercado imobiliário com mais afinco, utilizando o caixa proveniente desta venda para possíveis aquisições com preços mais reduzidos no cenário pós-Covid.

No ano, as ações MULT3 recuam 40,6 por cento, enquanto a média das empresas de shopping tem queda de 46,4 por cento. Ambos os desempenhos são inferiores à média de mercado, posto que o Ibovespa apresentou queda de 30,2 por cento.

O catalisador das empresas de shopping segue sendo a duração da quarentena nos grandes centros, bem como o ritmo de recuperação na confiança do consumidor e nas vendas do varejo físico.

* Este conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara as notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

Leia também: Shoppings: reabertura com forte queda nas vendas (ALSO3, BRML3, IGTA3, MULT3)

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Recomendado para você

Política Sem Aspas

O desafio do teto – parte I

No Comentário de nº 9 da Instituição Fiscal Independente, “Considerações sobre o teto de gastos da União”, Felipe Salto, Daniel Couri e Josué Pellegrini recortam

Read More »
E eu com isso

Redução de jornada até dezembro

O presidente Jair Bolsonaro assinou, ontem (13) a prorrogação da redução proporcional de jornada e salários e suspensão temporária do contrato de trabalho, medidas previstas

Read More »
Fechar Menu

Fechar Painel