Isa Cteep logo

Isa Cteep (TRPL4): Resultado do 4T20

A companhia Isa Cteep (TRPL4) divulgou na noite de segunda-feira, 22 de fevereiro, após fechamento do mercado, seus números referentes ao quarto trimestre de 2020. A transmissora apresentou resultados mistos, com resultados vindo abaixo das expectativas de mercado, porém com geração de caixa e distribuição de dividendos robusta.

A receita líquida regulatória apresentou crescimento anual de 15 por cento, atingindo 839 milhões de reais no 4T20. No acumulado do ano, a alta foi de 40,2 por cento, encerrando 2020 com 3,9 bilhões de reais.

Em relação ao seu Ebitda regulatório, este apresentou um aumento anual de 6,5 por cento, totalizando um valor de 635 milhões de reais no 4T20. Em 2020, esse total foi de 3,4 bilhões de reais, com elevação de 56,4 por cento em relação a 2019.

O lucro líquido regulatório apresentado no 4T20 foi de 374 milhões de reais, uma alta de 8,4 por cento em relação ao 4T19. No acumulado do ano, essa alta foi de 63,9 por cento, totalizando 2,0 bilhões de reais em 2020.

Por fim, a transmissora ainda divulgou a aprovação do seu Conselho de Administração sobre a distribuição de dividendos no montante de 531 milhões de reais, correspondentes a 0,8062 reais por ação (dividend yield de 3,3 por cento), a serem pagos em 21 de maio de 2021. As ações serão negociadas ex-dividendos a partir de 26 de março.

Em relação ao seu nível de endividamento, a Isa Cteep apresentou uma redução de sua dívida líquida de 8,4 por cento na comparação anual, atingindo 2,3 bilhões de reais em dezembro de 2020. No fechamento do ano, seu índice de alavancagem se situava em 0,9 vezes dívida líquida / Ebitda Ajustado.

A teleconferência de resultados está agendada para a manhã desta terça-feira, 23 de fevereiro, onde a Diretoria da empresa deve dar mais informações em relação aos resultados apresentados e perspectivas do ano de 2021 para a companhia.

E Eu Com Isso?

Analisando individualmente o resultado, verificamos que, apesar de apresentarem alta em relação ao mesmo período do ano anterior, estes frustraram as expectativas do mercado, o que deve acarretar um impacto negativo no preço das ações da companhia (TRPL4) no curto prazo.

Somado a este fato, ainda temos as declarações do presidente Jair Bolsonaro este final de semana, sinalizando uma possível intervenção no setor elétrico. Dessa forma, acreditamos que todo o setor deve sofrer com o risco de ingerência política. As ações da transmissora fecharam ontem, 22 de fevereiro, com queda de 3,28 por cento, comparado à queda de 4,9 por cento do Ibovespa.

O Ebitda regulatório ficou abaixo das expectativas do mercado, sendo impactado negativamente principalmente devido aos maiores custos com pessoal, materiais e despesas não recorrentes, estas últimas totalizando 15,7 milhões de reais no trimestre, impulsionadas devido aos projetos de expansão da companhia e despesas decorrentes da pandemia do coronavírus.

Importante ressaltar também que seus resultados tiveram participação expressiva de itens não recorrentes, como a RBSE (Rede Básica Sistema Existente), que, apesar de se tratar de um fluxo considerável a ser pago para a transmissora nos próximos anos, trata-se de uma indenização, sem estar ligado a operação corrente da companhia.

Vale destacar que o aumento expressivo de sua receita na comparação anual foi causado principalmente devido ao reajuste da inflação, que, potencializada, eleva sua TUST (tarifa de uso do sistema transmissão), além de aumento de 18,8 por cento da RBSE (Rede Básica Sistema Existente), sendo a indenização que a Cteep e outras transmissoras recebem por conta da MP 579, que antecipou alguns contratos de energia), alcançando 493 milhões de reais no 4T20.

Também pesou positivamente para o resultado a aplicação retroativa da revisão tarifária periódica do contrato 059. Apesar de apresentarem participação expressiva na receita, estes são itens não recorrentes, como a RBSE que, apesar de se tratar de um fluxo considerável a ser pago para a transmissora nos próximos anos, sendo uma indenização, sem estar ligado à operação corrente da companhia.

Também é um ponto de destaque para a companhia o seu índice de alavancagem mais baixo, o que podemos assumir que a companhia tem espaço para captar mais dívida para participação dos leilões de transmissão que devem ocorrer em 2021. Assumindo o resultado do último leilão em dezembro de 2020, este se mostrou mais competitivo, com maior deságio praticado, mostrando-se necessário que as companhias participantes estejam capitalizadas.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

Para ficar por dentro do universo dos investimentos de maneira prática, clique abaixo e inscreva-se gratuitamente!

e-eu-com-isso

Leia mais sobre a empresa: Isa Cteep (TRPL3/TRPL4): Pagamento de Proventos.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Empresa Vale
E eu com isso

Vale (VALE3): Resultado do 4T20

Na noite desta quinta-feira (25), a mineradora Vale divulgou seus resultados referentes ao 4T20 e do ano consolidado de 2020. A divisão de minério de

Read More »
Localiza - E Eu Com Isso - Levante
E eu com isso

Localiza (RENT3): Resultado do 4T20 

A companhia Localiza (RENT3) divulgou seus números referentes ao quarto trimestre de 2020 na noite de quinta-feira (25). A companhia apresentou resultados sólidos, com lucro

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel