Levanate Ideias - Bitcoin

Força renovada do Bitcoin

Nesta sexta-feira (06), as cotações do Bitcoin (BTC) superaram US$ 40 mil durante a manhã, o nível mais alto em várias semanas. Após atingir um pico de cerca de US$ 58 mil em abril, a mais popular das criptomoedas viu suas cotações recuarem significativamente, caindo abaixo de US$ 30 mil durante os meses de maio e de junho.

No entanto, os preços se recuperaram em julho e iniciaram agosto na mesma trajetória positiva.

Como justificar essa alta?

Fernanda Guardian, especialista em criptomoedas da Levante Ideias de Investimentos, mostra os números.

Em primeiro lugar, o mercado ganhou profundidade.

O número total de contratos de derivativos em aberto, como opções e futuros, calculados pelo indicador Open Interest Bitcoin Futures vem aumentando nos últimos 30 dias.

Isso revela que o mercado está se reaquecendo e que os volumes de negociação estão aumentando. Esse indicador inclui todos os contratos de compra e de venda que não foram liquidados.

Segundo a Fernanda, além do crescimento do volume de negociação dado pelo Open Interest of Bitcoin Futures, outro indicador que comprova o reaquecimento do mercado é o Number of Active Entities.

Esse marcador refere-se ao número de endereços ativos na rede como remetente ou destinatário, e inclui apenas transações bem-sucedidas. Em 31 de julho, ele atingiu os mesmos valores de janeiro de 2021.

Mais endereços ativos pode indicar duas coisas, ambas positivas. Que há novos participantes no mercado, e que os participantes existentes estão fazendo mais negócios e assumindo mais posições.

“O mercado parece estar se recuperando das quedas e das notícias pessimistas durante os meses de maio e junho”, disse Fernanda.

Os números globais mostram que as criptomoedas ganharam tração nos últimos tempos.

Os dados mais recentes mostram que há pouco mais de 11 mil moedas diferentes cadastradas no portal de negócios CoinMarketCap, um dos mais importantes da indústria.

Há um ano, esse número estava ao redor de 6 mil, o que mostra um crescimento de 85%. Seu valor de mercado total está em US$ 1,6 trilhão, quase o Produto Interno Bruto do Brasil.

Mais importante que isso, esse mercado está se transformando em um aquário para peixes grandes.

Segundo dados da plataforma ChainAnalysis, o número de transações com valor individual acima de US$ 1 milhão superou 40 milhões em julho, uma forte alta ante os 15 milhões de julho do ano passado. Com um detalhe: em abril, o número dessas transações se aproximou de 90 milhões.

Esses dois movimentos, a alta conjuntural da demanda, e a expansão estrutural provocada pelo aumento do número de participantes, mostram a solidez da recuperação das cotações do Bitcoin.

E para não perder essa oportunidade – nem as próximas – acompanhe de perto as análises da Fernanda Guardian, analista de criptomoedas da Levante Ideias de Investimentos.

E Eu Com Isso?

O último pregão da semana começa com uma alta nos contratos futuros de Ibovespa e do índice americano S&P 500, devido às boas perspectivas com relação aos indicadores econômicos americanos de emprego.

As notícias são positivas para a Bolsa. 

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

e-eu-com-isso

Leia também: O Bitcoin vai subir mais.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - Bitcoin China
E eu com isso

BC chinês proíbe criptomoedas

A semana está terminando como começou, com notícias da China provocando turbulências no mercado financeiro. A diferença, desta vez, é que a volatilidade está ocorrendo

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.