Fala de Guedes sobre AI-5 repercute negativamente – 27/11

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Fala de Guedes sobre AI-5 repercute negativamente 

Paulo Guedes, ministro da Economia, foi criticado por lideranças políticas por conta de uma declaração que deu recentemente. Nela, dizia para as pessoas não se assustarem “se alguém pedir o AI-5”. Guedes discursava em entrevista coletiva no Exterior quando entrou no tema dos protestos que vêm ocorrendo na América Latina. O ministro pediu responsabilidade à população e que os cidadãos praticassem democracia. Questionava, nesse sentido, o fato de o ex-presidente Lula ter falado há poucos dias sobre novas manifestações contra o governo.

Rechaçaram a fala do ministro de Economia os presidentes do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, e da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), além de líderes partidários e outras figuras políticas importantes. Há a impressão de que o ministro se excedeu em seu discurso. Na posição que ele ocupa, é preciso cuidado redobrado no uso das palavras.

E Eu Com Isso?

De fato, não cabe uma fala sobre a volta do AI-5, nem que seja como resposta à irresponsabilidade para com a democracia que a oposição transparece. A fala do ministro foi infeliz, mas não deve ter mais impactos além da repercussão negativa no dia de ontem. Guedes e o governo devem também ser responsáveis e não usarem Lula como bode expiatório para atrasar as reformas tão necessárias à economia neste momento.

Leia também: Estímulo de emprego para jovens

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Recomendado para você

Petrobras: STF decidirá sobre refinarias

Nesta quarta-feira (30) recomeça o processo de julgamento e votação dos ministros do Supremo Tribunal Federal a respeito da legalidade do processo de venda da

Risco fiscal e aumento da dívida pública

Na coluna de hoje, vou falar sobre a deterioração das contas públicas do Governo Federal, o aumento do déficit público, a consequente alta nas taxas

Fechar Menu

Fechar Painel