Mercado de ações

Estímulos à economia chinesa refletem-se no Brasil

Foco total nos números. Esse é o espírito da abertura do mercado nesta quarta-feira (13). Apesar do cenário incerto, há pelo menos duas boas notícias para o setor exportador. Uma delas é a taxa de câmbio. A volatilidade dos últimos dias mandou a taxa de câmbio para mais um recorde de alta nominal. Durante a sessão da terça-feira (12), o dólar chegou a 5,88 reais na máxima, para fechar a 5,87 reais, alta de 0,86 por cento em relação à segunda-feira.

A outra notícia positiva é a valorização do minério de ferro. As siderúrgicas chinesas, maiores importadoras do minério de ferro brasileiro, estão retomando suas atividades antes do esperado devido aos estímulos governamentais para a recuperação da economia chinesa. Com isso, o minério de ferro padrão, com teor de 62 por cento de hematita, está sendo negociado a cerca de 90 dólares por tonelada. 

Isso beneficia especificamente as ações da Vale (VALE3). O produto da mineradora brasileira, com teor de 65 por cento de hematita, é negociado a preços acima da média do mercado internacional, e chegou a ser negociado a 106 dólares por tonelada no mercado a vista na segunda-feira (11).

Esse cenário deverá permanecer positivo por algum tempo. O grupo chinês BaoSteel, um dos maiores conglomerados siderúrgicos do mundo, informou esperar que o governo chinês incentive investimentos e obras públicas, realizando projetos de grande escala. Isso vai elevar a demanda por aço para construção, o que será benéfico tanto para o aço longo (vergalhões) quanto o aço plano.

INDICADORES – As vendas no varejo caíram 2,5 por cento em março em relação a fevereiro, e recuaram 1,2 por cento em relação a março do ano passado. No entanto, a expectativa era uma queda maior e mais profunda das vendas no varejo. Na comparação mensal (fevereiro), a queda esperada pela Bloomberg era de 5,5, e na comparação anual (março/2019), a queda era de 3,9 por cento, ou seja, os números foram uma surpresa positiva para os mercados.

No acumulado do ano, entre janeiro e março, houve um crescimento de 1,6 por cento ante 2019, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (13), ao divulgar a Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) de março.

A queda só não foi mais intensa devido ao aquecimento da atividade nos setores essenciais. As vendas de hipermercados e supermercados cresceram 14,6 por cento em março. As vendas de artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos avançaram 1,3 por cento.

Excetuando-se supermercados e farmácias, houve quedas nas vendas em seis das oito atividades pesquisadas, em especial as que dependem de lojas físicas, que foram fechadas a partir da segunda quinzena de março. A maior queda foi em tecidos, vestuário e calçados, com baixa de 42,2 por cento.

Apesar de os mercados acionários europeus estarem em baixa devido a temores de um aumento nos casos de infecção pelo coronavírus, os mercados do lado de cá do Atlântico começaram o dia em alta. O dia promete ser positivo para a Bolsa, com o número do varejo  melhor que o esperado, minério de ferro em alta e um arrefecimento do cenário político (mesmo que pontualmente no dia de hoje). 

* Este conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara as notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

Leia também: Petróleo e ações sobem com retomada da economia

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Recomendado para você

Política Sem Aspas

O desafio do teto – parte II

Na primeira parte dessa dupla de textos, concentrei-me em elencar e dissertar acerca das principais regras fiscais em voga hoje no Brasil. Naquela ocasião, deixei

Read More »
Artigos

Política acima de tudo!

O mercado vive uma certa trégua em relação à volatilidade mais acentuada de algumas semanas atrás. Discussões importantes foram adiadas para depois das eleições. Quem

Read More »
tipos de ações da bolsa de valores
Artigos

Empresas preparam IPOs

Nas últimas semanas, o número de prospectos de IPO protocolados na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aumentou em quase dez, com as companhias “aspirantes” ao

Read More »
Artigos

Resultados da WEG

A Weg (WEGE3) apresentou nesta quarta-feira (21), antes da abertura dos mercados, os seus resultados referentes ao 3T20. Os números vieram bons e acima das

Read More »
Fechar Menu

Fechar Painel