Levante Ideias - PSDB

Eleições suspensas

O pior cenário possível se concretizou nas prévias do PSDB, neste domingo (21), após a votação para a escolha do candidato presidenciável do partido ser suspensa em função de uma pane no aplicativo.

O sistema online permitiria que filiados votassem nos candidatos sem ter que comparecer presencialmente às urnas, instaladas apenas em Brasília.

A votação teve início às 7h deste domingo e tinha previsão para terminas às 15h, mas durante a manhã inúmeros votantes reportaram problemas no aplicativo – em especial, no sistema de verificação de identidade.

Segundo apuração preliminar, apenas 10% dos cerca de 45 mil inscritos conseguiram votar neste fim de semana.

O pleito foi prorrogado até às 18h, mas com a persistência dos problemas, o diretório nacional tucano optou por suspender o processo eleitoral.

Em nota, o PSDB afirmou que o sistema não “comportou a demanda dos votantes”, que os votos registrados serão preservados e que haverá uma nova data para retomar a votação.

Nesta segunda (22), o presidente da legenda, Bruno Araújo, se reúne com os três presidenciáveis: João Doria, governador do estado de São Paulo; Eduardo Leite, governador do estado do Rio Grande do Sul; e Arthur Virgílio, ex-prefeito de Manaus.

É a primeira vez que o partido recorre às prévias para definir um candidato ao Palácio do Planalto, mas a experiência tem frustrado todos os integrantes da alta cúpula e expondo a fragilidade da legenda – tanto em questão de rachas internos, quanto da falta de eficácia do processo eleitoral feito à distância.

Inicialmente pensadas para dar visibilidade à sigla há cerca de um ano das eleições, as prévias deste ano acabaram tendo efeito contrário – inclusive, no mundo político, cujos integrantes de centro-direita e direita aguardavam um resultado para apurar suas respectivas estratégias para 2022.

Mesmo havendo instabilidades constatadas antes do dia das eleições prévias, a legenda resolveu seguir adiante e não formular uma alternativa ao cenário que se concretizou.

Agora, candidatos e o diretório nacional tentam retomar a votação no menor espaço de tempo, mas as incertezas quanto à viabilidade do aplicativo persistem e podem gerar considerável atraso no resultado.

E Eu Com Isso?

O PSDB tem se mostrado um partido com enormes dificuldades para se organizar interna e externamente desde que teve um desempenho considerado pífio nas eleições de 2018, quando o então candidato à Presidência, Geraldo Alckmin (PSDB) teve o pior desempenho da história dos tucanos no âmbito federal – atingindo, sequer, 5% dos votos válidos.

As fissuras da legenda tornam qualquer tomada de decisão mais difícil e o fracasso das votações deste domingo é mais um reflexo da desorganização partidária que assola o PSDB.

Não à toa, dos mais de um milhão de filiados, apenas 45 mil se registraram para votar.

Nesta segunda, deve haver uma definição sobre quando serão retomadas as prévias e o mercado deve seguir de olho nos desdobramentos da votação dos tucanos – menos pelo partido e mais pelo xadrez político que se desenvolve para o ano que vem.

Fique atento aos novos desdobramentos.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

e-eu-com-isso

Leia também: A carta | Política sem Aspas.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - Vacina Moderna
E eu com isso

E se as vacinas não funcionarem mais?

As declarações de Stéphane Bancel, principal executivo do laboratório americano Moderna, estão provocando fortes solavancos nos mercados internacionais na manhã desta terça-feira (30). Em média,

Read More »
Levante Ideias - Congresso Nacional
E eu com isso

Emendas ficam

O Congresso Nacional aprovou, nesta segunda-feira (30), o Projeto de Resolução 4/2021, que viabiliza o pagamento de emendas de relator e busca adaptar tal modalidade

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.