1200px-TRE_nova_sede_brasilia

E Eu Com Isso? Semanal (13 a 17 de agosto)

Foco na Turquia

A semana começou tensa com os investidores atentos à crise na Turquia e ao risco de contágio nos demais mercados. A manhã de segunda foi de mais uma forte queda na Turquia. A lira desvalorizou mais de 6 por cento, fato que pressionou as moedas dos países emergentes como África do Sul e México.

Depois do movimento de forte queda nos mercados globais na segunda (13) em função da crise na Turquia, a terça (14) foi de calma, com os principais índices do mundo em leve alta. A lira turca valorizou mais de 5 por cento depois de desvalorizar 24 por cento em uma semana, fato que ajudou as bolsas dos mercados emergentes.

Na quarta-feira (15), os mercados reagiram negativamente ao anúncio do governo da Turquia, que decidiu tributar outros produtos vindos dos EUA, acirrando ainda mais os ânimos entre os países.

Depois de 4 dias de alta da lira, a moeda da Turquia voltou a ceder nesta sexta (17) depois que o governo dos EUA ameaçou impor novas sanções ao país se o pastor americano preso na Turquia não fosse liberado. Mas nem tudo é má notícia. Diante da forte desvalorização das últimas semanas, a Turquia conquistou o Bic Mac mais barato do mundo.

E Eu Com Isso?

O desenrolar da crise na Turquia afetou e continuará afetando os mercados globais pelos próximos dias. Consequentemente, os ativos devem sofrer oscilações nos próximos dias.


Se Trump não vai à China, a China vai aos EUA

No cenário da crise da Turquia e em meio aos atritos comerciais entre potências, a notícia de que China vai enviar o vice-ministro do comércio para os EUA com objetivo de firmar acordos comerciais trouxe algum alívio para os mercados na quinta-feira (16). Com isso, o dia foi de alta para a maioria dos mercados ao redor do mundo.

E Eu Com Isso?

A melhora temporária da crise da Turquia e da tensão comercial entre os principais países do mundo impulsionou os ativos ao redor do mundo. Foi uma boa notícia em meio à novela entre China e EUA.

Candidatura de Lula recebe pedido de impugnação

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, apresentou na quarta-feira (15) à noite ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a impugnação da candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à presidência. O pedido foi feito momentos após o registro da candidatura.

E Eu Com Isso?

O argumento é o de que Lula é inelegível por ter sido condenado em segunda instância. A procuradora não foi a única. Uma série de outros pedidos foram apresentados e serão analisados pelo ministro Admar Gonzaga. Se a impugnação do registro for aceita, Lula deixa de ser candidato ainda no mês de agosto.

Nem mesmo o PT acredita na candidatura de Lula, mas deseja esticar o prazo ao máximo como estratégia para posteriormente firmar Fernando Haddad (ainda pouco conhecido) na corrida eleitoral.


Alckmin inicia cruzada contra Bolsonaro

O candidato do PSDB à presidência da República, Geraldo Alckmin, definiu seu foco para as próximas semanas de campanha: a “operação porta a porta”, que busca recuperar o eleitorado perdido para Bolsonaro no interior de São Paulo, e também o uso das inserções no rádio e na televisão para atacar diretamente o seu adversário. Os eleitores paulistas compõem o maior colégio eleitoral, respondendo por 22,5 por cento do total do país.

E Eu Com Isso?

Como previsto, Alckmin vem se movimentando para desidratar Bolsonaro na reta final pré-eleições. O diagnóstico é de que o tucano precisa ficar na frente do militar para garantir sua vaga no segundo turno, caso o candidato petista também avance. A opção de preservar Alckmin nas inserções é uma ótima estratégia, mas não existem certezas de que a campanha de “desconstrução” de Bolsonaro irá surtir efeito – inclusive podendo ter efeito contrário, uma vez que o militar pode pedir direito de resposta aos ataques e ganhar mais tempo de rádio e TV.

Primeiro debate entre candidatos ao governo de São Paulo

Na noite de quinta (17), ocorreu o primeiro debate e candidatos ao governo de São Paulo, na Band. Estiveram presentes 7 postulantes: Márcio França (PSB), Rodrigo Tavares (PRTB), Paulo Skaf (MDB), Marcelo Cândido (PDT), João Doria (PSDB), Luiz Marinho (PT) e Lisete Arelaro (PSOL). O debate, ao contrário do primeiro entre presidenciáveis, teve enfoque na Operação Lava Jato e outros escândalos de corrupção. O maior alvo de ataques foi João Doria, líder nas pesquisas eleitorais para o governo.

E Eu Com Isso?

O debate teve algumas trocas de farpas, principalmente entre Doria e Marinho e também entre Doria e Márcio França. No geral, o tucano foi o mais atacado em temas variados, desde o fato de ter prometido deixar sua gestão municipal somente ao fim do mandato até questões sobre segurança pública, saúde e corrupção envolvendo seu partido. O ex-prefeito soube se defender bem. A tendência no Estado é que os ataques sejam concentrados em quem está melhor colocado na pesquisa. Skaf, por exemplo, foi relacionado algumas vezes à impopularidade do governo Temer por conta de seu partido.

Eletrobras (ELET3 e ELET6) – leilão é suspenso

Depois da notícia positiva de ontem (16), que os leilões das quatro distribuidoras de energia elétrica do Norte e Nordeste, que seriam realizadas no dia 30 de agosto, o Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ) surpreendeu a todos e suspendeu o leilão.

E Eu Com Isso?

A notícia é negativa para as ações da Eletrobras (ELET3 e ELET6). Ontem (16), com a notícia de que o leilão seria mantido para o fim de agosto, as ações ELET3 subiram 7,93 por cento e as ELET6 subiram 7,13 por cento.

A volatilidade nas ações da estatal deve aumentar ainda mais com as “idas e vindas” jurídicas do processo de venda das distribuidoras da estatal.

Mais que suspender temporariamente o leilão, a ação tomada pelo TRT aumenta ainda mais as incertezas jurídicas do processo de privatização que podem culminar em nenhum interessado em comprar as distribuidoras.

Fato é que esse não será o capítulo final do processo de privatização das distribuidoras de energia da Eletrobras. Permaneceremos no aguardo dos próximos acontecimentos que irão impactar a cotação das ações da estatal.


Itaú (ITUB3 e ITUB4) e XP – Banco Central aprova operação

Depois de 15 meses e com uma série de restrições, o Banco Central aprovou a compra de 49,9 por cento da XP Investimentos pelo Banco Itaú.

O destaque ficou pelo fato de que o Itaú não poderá assumir o controle da XP no futuro, conforme previa o acordo inicial.

E Eu Com Isso?

Esperamos impacto neutro no preço das ações do Itaú (ITUB3 e ITUB4) no curto prazo.

Acreditamos que é uma excelente notícia para o investidor pessoa física, pois a decisão do Banco Central implica em uma maior liberdade à XP, visto que a influência e a ingerência do Itaú será limitada.

A XP pretende criar uma relação mais próxima com a sua base de clientes, pois todos os clientes da XP têm relação obrigatória com um banco tradicional. A empresa quer ser esse banco dos seus clientes.

O foco sempre foi investimento em tecnologia, mas a XP irá investir forte na contratação de agentes autônomos – até mesmo tirando os gerentes de banco que estão insatisfeitos com a oferta menor de produtos e com as metas muito agressivas dos bancos tradicionais.


Usiminas (USIM3 e USIM5) – explosão de um gasômetro em Ipatinga (MG)

Na última sexta-feira (10) houve uma explosão em um gasômetro da Usiminas em Ipatinga (MG), o que interrompeu a produção de aço na unidade. O acidente ocorreu no início da tarde e deixou 34 pessoas feridas.

E Eu Com Isso?

A notícia é negativa para a companhia e isso gerou uma forte queda de 7,3 por cento no preço das ações (USIM5) na sexta-feira. Acreditamos que o impacto no preço das ações foi exagerado.

A Usiminas informou que, aos poucos, a produção de aço está voltando ao normal, tais como a galvanização a frio, mas os altos fornos ainda estão desligados.

A unidade de Ipatinga represente 70 por cento da capacidade de produção de aço da Usiminas.

A empresa possui uma apólice de seguro contratada para cobrir riscos operacionais, com indenização cobre até 600 milhões de dólares.

O principal ponto a ser acompanhado é quando os altos fornos serão religados, pois o custo de um alto forno desligado é muito alto.


Mahle Metal Leve (LEVE3) – Resultado do segundo trimestre de 2018

Após o fechamento do mercado na última segunda-feira (13), a Metal Leve divulgou os números do segundo trimestre. O resultado foi bom e dentro do esperado em termos de receita líquida, Ebitda e lucro líquido.

O principal destaque positivo foi o crescimento do volume de vendas e a alta margem Ebitda de 18 por cento, mesmo com o impacto negativo da greve dos caminhoneiros.

E Eu Com Isso?

Esperamos impacto positivo no preço das ações da Metal Leve (LEVE3) no curto prazo.

O resultado operacional foi impulsionado pelo crescimento de 19,9 por cento no volume de vendas de peças originais para motores de veículos no mercado interno e aumento de 14,1 por cento da receita de exportação.

Com isso, a receita líquida totalizou 628 milhões de reais, aumento de 9 por cento em relação ao mesmo período do ano anterior.

No lado negativo, houve crescimento das despesas com vendas, um aumento de 37,4 por cento em relação ao segundo trimestre de 2017 e de 26,5 por cento em relação ao primeiro trimestre de 2018. Esse aumento é explicado pelo impacto negativo da greve dos caminhoneiros, que causou aumento das despesas com fretes para poder realizar a entrega de seus produtos aos clientes em menor tempo.

A Metal Leve se beneficia da recuperação da econômica doméstica, especialmente a indústria de veículos leves, que vem mostrando melhoras e apresentou um crescimento de 14,1 por cento nas vendas no primeiro semestre de 2018.


O dólar vencerá a barreira dos 4?

Após as oscilações do mercado nesta semana, o dólar voltou a se aproximar da marca de 3,90 reais desde o dia 15. É o maior valor da moeda desde 5 de julho.

O mercado brasileiro não foi poupado da piora da percepção global de risco, principalmente em função da crise turca, e sofreu as consequências na linha dos demais países emergentes.

E Eu Com Isso?

O Banco Central já alertou que entende que este é um movimento normal, que afetou diversos mercados. Por essa razão, por enquanto, não irá interferir no mercado de câmbio.

É claro que o somos afetados, mas não é por isso que os seus investimentos devem ficar vulneráveis aos movimentos globais. Portanto, pense em ter uma parcela de seu patrimônio que ganhe também com as oscilações do dólar.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Empresa Vale
E eu com isso

Vale (VALE3): Resultado do 4T20

Na noite desta quinta-feira (25), a mineradora Vale divulgou seus resultados referentes ao 4T20 e do ano consolidado de 2020. A divisão de minério de

Read More »
Localiza - E Eu Com Isso - Levante
E eu com isso

Localiza (RENT3): Resultado do 4T20 

A companhia Localiza (RENT3) divulgou seus números referentes ao quarto trimestre de 2020 na noite de quinta-feira (25). A companhia apresentou resultados sólidos, com lucro

Read More »
Selic
E eu com isso

A Selic sobe em março?

Fevereiro se encerra com incertezas e questionamentos. A principal incerteza é a trajetória da taxa de juros. Em pouco menos de três semanas, nos dias

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu
Fechar Painel