Levante Ideias - CCR SPvias

Destaque da CCR na Infra Week

Nesta quarta-feira (7) foi iniciada a Infra Week, como foi batizada a série de leilões para o setor de infraestrutura no intervalo de 7 a 9 de abril. Estes leilões abrangem o segmento de aeroportos, concessões portuárias e ferroviárias, com expectativa de atrair cerca de 10 bilhões de reais em novos investimentos para o período.

Seguindo a agenda do dia, vimos o leilão de 22 aeroportos federais realizados na sede da B3, em São Paulo, o qual teve como vencedores a CCR e a operadora francesa Vinci.

O destaque ficou por conta da CCR, que arrematou a concessão mais concorrida do dia, o Bloco Sul, com um lance de 2,1 bilhões de reais de outorga, um ágio de 1.534 por cento ante o valor previamente definido pelo edital, superando a meta do governo. Na concessão, a companhia deverá realizar investimentos da ordem de 2,9 bilhões de reais, com a perspectiva de uma receita de 7,5 bilhões de reais. O bloco inclui nove aeroportos: Foz do Iguaçu (PR), Londrina (PR), Bacacheri (PR), Curitiba (PR), Joinville (SC), Navegantes (SC), Uruguaiana (RS), Bagé (RS) e Pelotas (RS).

Além deste lote, a CCR também venceu a disputa pelo Bloco Central com um lance de 754 milhões de reais de outorga, um ágio de 9.156 por cento ante o valor definido inicialmente no edital. A companhia deverá realizar investimentos da ordem de 1,8 bilhão de reais ao longo dos 30 anos da concessão, tendo como perspectiva de receita 3,6 bilhões de reais. O bloco inclui 6 aeroportos: Goiânia (GO), São Luís (MA), Imperatriz (MA), Teresina (MA), Palmas (TO) e Petrolina (PE).

A operadora francesa Vinci surpreendeu e arrematou o Bloco Norte, com um lance de 420 milhões de reais de outorga, o que representa um ágio de 777,47 por cento em relação ao valor previamente definido pelo edital. O contrato prevê investimentos da ordem de 1,5 bilhão de reais para a concessão, além de perspectiva de receita de 3,6 bilhões de reais no período. O lote inclui 7 aeroportos, com 3 destes localizados no Amazonas, 2 no Acre e 1 em Roraima e em Rondônia.

A expectativa do Governo era de uma taxa interna de retorno (TIR) real de 9,2 por cento no bloco Sul e de 11,4 por cento no bloco Central.

E Eu Com Isso?

A disputa e os valores oferecidos surpreenderam as expectativas do mercado. Apesar de já ser esperado o arremate do Bloco Sul pela CCR, o interesse no Bloco Central pela companhia surpreendeu, uma vez que este se tratava de um lote menos atrativo. A CCR ainda teve como destaque os elevados ágios praticados no leilão. Os preços das ações da companhia (CCRO3) reagiram negativamente aos valores mais altos oferecidos, fechando o dia em queda de 1,82 por cento, comparado à ligeira alta de 0,1 por cento no Ibovespa.

Acreditamos que este leilão teve um pouco menos de competição de players internacionais e que a CCR pagou um pouco caro nos aeroportos dos blocos Sul e Central. Entretanto o valor pago ficou em linha com os últimos leilões de aeroportos no Brasil.

A geração de valor para acionistas da CCR e a taxa interna de retorno (TIR) vai depender de: ganhos de eficiência nos investimentos a serem realizados, nível de despesas operacionais e projeções de tráfego nos aeroportos.

A CCR tem posição de caixa confortável de 6,2 bilhões de reais e nível de endividamento líquido de 2,9 vezes a geração de caixa medida pelo Ebitda.

Marco Cauduro, presidente da CCR, afirmou na ocasião que os lances elevados praticados no leilão não impactam o planejamento futuro do grupo. Ressaltou que o grupo vinha estudando a concessão desde 2019 e que as ofertas são compatíveis com o retorno projetado no longo prazo.

Adicionalmente, Cauduro sinalizou interesse da empresa em outros ativos, sendo o principal deles a concessão da rodovia Dutra que vence no curto prazo, com expectativa de investimentos de 15 bilhões de reais. Acreditamos que a CCR precise fazer uma oferta de ações para financiar o seu crescimento e manter o nível de endividamento sob controle.

Após a conquista de 15 dos 22 aeroportos em leilão, a CCR reforçou significativamente sua participação no setor aeroportuário. Apesar da crise no setor aéreo dado o agravamento da pandemia, a CCR mostrou que a sua ampliação neste é estratégica para a companhia, que hoje opera apenas o aeroporto de Confins (MG), em parceria com a Zurich Airport, além de outros aeroportos menores fora do país: Quiport (Equador), Aeris (Costa Rica) e Curaçao (Caribe).

A Vinci também surpreendeu com o arremate do Bloco Norte, uma vez que sua participação não era esperada pelo governo. Em anúncio, o presidente da companhia se mostrou bastante positivo quanto ao empreendimento, apostando na recuperação econômica do país após a pandemia.

A disputa resultou em uma arrecadação de cerca de 3,3 bilhões de reais para o governo, com potencial de geração de 6,1 bilhões de reais de investimentos para os próximos 30 anos.

Em resumo, o leilão foi uma ótima notícia para o Governo Federal, e talvez nem tanto para os acionistas da CCR, a depender da taxa interna de retorno (TIR) nos projetos.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

Para ficar por dentro do universo dos investimentos de maneira prática, clique abaixo e inscreva-se gratuitamente!

e-eu-com-isso

Leia mais sobre a empresa: CCR (CCRO3): Resultado do 4T20.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - Congresso Nacional
E eu com isso

Não olhe para Brasília

Agosto, mês de desgosto. Esse velho ditado indica que os prognósticos para o oitavo mês do ano não são dos melhores. Há várias explicações para

Read More »
Levante Ideias - Congresso Nacional
E eu com isso

Terreno perigoso

Após o diagnóstico sobre a cifra elevada de pagamento de precatórios no Orçamento de 2022, os dois principais articuladores do governo (Ciro Nogueira, do PP

Read More »
Levante Ideias - Petróleo
E eu com isso

Resultados da BP do 2T21

A gigante do petróleo BP (BP) apresentou nesta segunda-feira (2), após o fechamento dos mercados, seus resultados do 2T21. Os números vieram fortes, bem acima

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.