Levante Ideias - Cyrela

Cyrela (CYRE3) – Oferta de Ações (IPO) da Lavvi

A Cyrela (CYRE3) anunciou nesta quarta-feira (8), em um Fato Relevante, que a Lavvi – companhia na qual ela é acionista – apresentou à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) um pedido de registro para a realização de uma oferta pública inicial (IPO) de distribuição primária e secundária de ações no segmento Novo Mercado da B3.

A Lavvi é uma joint venture formada entre a Cyrela e a RH Empreendimentos com foco de atuação no segmento de média e alta renda na cidade de São Paulo. A Cyrela detém 45 por cento do capital social da Lavvi, o que representa aproximadamente 1,6 por cento do seu Patrimônio Líquido.

A construtora acredita que o acesso da Lavvi ao mercado de valores mobiliários “poderá favorecer a capitalização da sociedade e o desenvolvimento de suas atividades e negócios.”

A notícia é positiva para os acionistas e esperamos impacto levemente positivo no preço das ações da Cyrela (CYRE3) no curto prazo, pois além de aumentar a capitalização da empresa e capturar outros benefícios inerentes à abertura de capital na bolsa, para a Cyrela a operação significa aumentar a liquidez das suas participações no negócio, podendo vender um percentual da sua parcela no capital social da Lavvi.

No ano as ações da Cyrela (CYRE3) recuam 13,8 por cento, desempenho levemente superior ao do Ibovespa, que recua 15,5 por cento em 2020, e ao do índice setorial Imob, que tem perdas de 23,9 por cento.

Na última semana notícias envolvendo a possível oferta da Lavvi e a Plano&Plano, outra companhia que tem a Cyrela como acionista, foram divulgadas no mercado, muito embora a estimativa é que tais ofertas fossem ocorrer apenas em 2021.

A Cury é outra empresa em que a Cyrela é acionista (50 por cento) e que também pediu o protocolo para o IPO junto à CVM, inclusive já com prospecto preliminar, mas ainda sem faixa de preços.

O setor de construção civil é de longe o protagonista na lista de IPO’s de 2020. Enquanto Mitre e Moura Dubeux já realizaram as suas ofertas, a Riva 9 (spin-off da Direcional) deve finalizar o seu procedimento nas próximas semanas, enquanto a Pacaembu, One Inovattion, Alphaville Urbanismo, Canopus Holding, Cury e agora a Lavvi endossam a lista de ofertas, que deve aquecer após as férias de verão no hemisfério norte.

O principal catalisador para as ações do setor é a duração da quarentena da Covid-19, que prejudica tanto as vendas dos estoques como de novos lançamentos. Nos próximos dias a Cyrela deve divulgar a sua prévia operacional, que deixará mais claro como está sendo o efeito da pandemia nos seus negócios.

* Este conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara as notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

Leia também: Cyrela (CYRE3) – Resultado do primeiro trimestre de 2020

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Levante Ideias - Cosan
E eu com isso

Fundo da Cosan amplia portfólio

A Cosan (CSAN3), veículo de investimento (holding) com foco em energia, agronegócio e infraestrutura que controla empresas como Raízen (RAIZ4) e Rumo (RAIL3), anunciou via

Read More »
Levante Ideias - Dinheiro
E eu com isso

Acordo para precatórios

Após uma série de discussões de bastidor, os Três Poderes vão caminhando em direção a uma solução para os precatórios no Orçamento de 2022. A

Read More »
Levante Ideias - Evergrande
E eu com isso

A Evergrande não é tão grande

O conglomerado chinês Evergrande (3333.HK) pode, sem exagero, ser considerado um império. É a segunda maior incorporadora chinesa. Emprega 200 mil pessoas e gera 3,8

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.