Funcionários da Amazon - Levante Ideias

Amazon: votação sindical

A contagem dos votos para determinar se os trabalhadores de um depósito da Amazon (AMZN) na cidade de Bessermer, no Alabama, irão aderir a um sindicato ligado ao varejo começará nesta quinta-feira (8), e o resultado pode sair já nesta sexta-feira (9). O National Labor Relations Board, órgão federal, cuidará da lisura do processo.

Aproximadamente 5.800 trabalhadores podiam votar na proposta de adesão ao Sindicato do Varejo, Atacado e Loja de Departamento. Funcionários do órgão afirmaram ter contado 3.215 cédulas, ou seja, uma taxa de comparecimento de 55 por cento.

A possível (e provável) adesão dos trabalhadores do Alabama junto a um sindicato pode marcar o primeiro evento deste tipo para a Amazon, que conta com quase 1 milhão de trabalhadores no país. Meses atrás, quando o movimento começou a tomar corpo, o presidente Biden se mostrou favorável às reivindicações e incentivou a participação dos empregados.

Nas últimas décadas, a representação sindical perdeu força no país. As taxas de adesão caíram de aproximadamente 25 por cento nas décadas de 60/70 para algo em torno dos 7 por cento atualmente, considerando o setor privado. No setor público a adesão subiu de 25 por cento para 35 por cento.

E Eu Com Isso?

Este movimento trabalhista vem sendo monitorado há meses pelo mercado nos Estados Unidos e está longe de ser uma surpresa para a companhia e para os investidores. Mesmo assim, uma vez confirmado o resultado em prol dos trabalhadores, entendemos como um potencial risco para a empresa e esperaríamos uma reação marginalmente negativa no preço das ações AMZN no curto prazo.

A Amazon é a segunda empresa que mais emprega nos Estados Unidos, atrás apenas do Walmart (WMT). São mais de 900.000 empregados e presença em todos os 50 estados. O risco é justamente esse – que haja uma espécie de “onda” de adesões de trabalhadores lotados em outras regiões.

Como as despesas e custos com mão de obra são relevantes, pode estar em jogo alguns pontos-base na margem operacional futura da companhia, que devido a dinâmica setorial do varejo, já trabalha em patamares baixos.

A Amazon, assim como o Walmart, já adotou uma política de salário mínimo de 15 dólares por hora para todo o seu pessoal. Em alguns estados, isso chega a ser o dobro do mínimo. Ademais, também há outros benefícios concedidos não-obrigatórios ligados a planos de saúde.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

Para ficar por dentro do universo dos investimentos de maneira prática, clique abaixo e inscreva-se gratuitamente!

e-eu-com-isso

Leia mais sobre a empresa: Amazon Business.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Brasília - E Eu Com Isso - Levante
E eu com isso

O tempo não para em Brasília

A semana em Brasília será bastante movimentada, mesmo com o feriado nacional de Tiradentes nesta próxima quarta-feira (21). No radar, dois acontecimentos bastante importantes do

Read More »
Lojas Renner - LREN3 - Levante Investimentos
E eu com isso

Follow-on da Lojas Renner (LREN3)

Na tarde de sexta-feira (16), a Lojas Renner confirmou o planejamento de uma oferta subsequente de ações (follow-on), em resposta à notícia veiculada mais cedo

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel