Netflix - E Eu Com Isso

Acordo da Netflix com a Sony

A Netflix (NFLX) divulgou nesta quinta-feira (8) que fechou acordo pelos direitos dos filmes da Sony Pictures Entertainment, incluindo os futuros lançamentos da franquia “Homem-Aranha”. O contrato é plurianual e terá início com a lista de filmes a serem lançados em 2022 e também cobre filmes antigos da biblioteca da Sony.

Os termos do acordo de cinco anos não foram revelados. As expectativas, porém, são de que o acordo seja da ordem de centenas de milhões de dólares anuais e superior a 1 bilhão de dólares no total, e, depende também, de outros fatores, como o desempenho de bilheteria dos filmes. O canal de TV paga Starz (ex Fox), de propriedade da Lions Gate Entertainment Corp., tem os direitos dos filmes da Sony até o final deste ano.

A Marvel é subsidiária da Disney (DIS), que desde o fim de 2019 possui seu próprio serviço de streaming o – Disney+. Por este motivo, a Netflix não estava tendo mais acesso a novos conteúdos da franquia. A Sony, por sua vez, é a distribuidora oficial do “Homem-Aranha”.

E Eu Com Isso?

Acreditamos que a notícia é positiva para os acionistas da Netflix (NFLX), cujas ações fecharam a sessão desta quinta-feira (8) em alta de 1,4 por cento, desempenho acima do índice da Nasdaq, que avançou 1 por cento.

A necessidade por conteúdo de qualidade está crescendo à medida em que outras plataformas vão surgindo e/ou evoluindo, a citar o exemplo da Disney +, Amazon Prime, HBO Max da AT&T Inc. e Peacock da NBC Universal. Antes grandes vendedores de conteúdo para a Netflix, essas empresas agora estão mantendo suas produções “dentro de casa” para alimentar suas próprias plataformas de streaming, tornando-se concorrente da Netflix, a “first-mover” no mercado.

Assim sendo, embora a Netflix tenha decidido produzir seus próprios filmes anos atrás e tenha recebido 36 indicações ao Oscar em 2020, ela ainda almeja (e precisa) de filmes populares feitos por outros estúdios.

O principal catalisador das ações da Netflix é o seu resultado do primeiro trimestre de 2021, a ser divulgado no dia 20 de abril. O principal fator a se acompanhar são as adições líquidas de novos assinantes, cuja projeção (guidance) oficial da companhia é de 6 milhões de assinantes. Ademais, a premiação do Oscar, cuja cerimônia está marcada para o dia 25 deste mês, também é um evento importante e um bom termômetro para analisar a apreciação da comunidade com as produções próprias da companhia.

Este conteúdo faz parte da nossa Newsletter ‘E Eu Com Isso’.

Para ficar por dentro do universo dos investimentos de maneira prática, clique abaixo e inscreva-se gratuitamente!

e-eu-com-isso

Leia mais sobre a empresa: Lançamentos da Netflix na Ásia.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Política sem Aspas, por Felipe Berenguer
Política Sem Aspas

Diários da CPI | Política sem Aspas

Chegou ao fim a primeira semana de funcionamento da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, instalada no Senado Federal para apurar eventuais irregularidades e

Read More »
eletrobras
E eu com isso

Cronograma da privatização

Por ter sido enviada via Medida Provisória, que tem vencimento de 120 dias, a privatização da Eletrobras (ELET3/ELET6) está no radar do Congresso e de

Read More »
Adidas - Levante Investimentos
E eu com isso

Resultado da Adidas do 1T21

A Adidas apresentou nesta sexta-feira (7), antes da abertura do mercado na Europa, os seus resultados do primeiro trimestre do ano de 2021. Os números

Read More »
Edifício da JHSF - JHSF3 - Levante Investimentos
E eu com isso

Resultados da JHSF (JHSF3) do 1T21

A JHSF (JHSF3) apresentou nesta quinta-feira (6), após o fechamento do mercado, os seus resultados do primeiro trimestre de 2021. Os números da companhia vieram

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel