Escritório da XP Investimentos em São Paulo - 20/03/2019

3T20 da XP Inc

A XP Inc (XP) apresentou nesta segunda-feira (9), após o fechamento do mercado, os seus resultados do terceiro trimestre de 2020. Os números vieram em linha com o esperado e com forte crescimento tanto na receita quanto no lucro líquido, alguns indicadores deixaram a desejar, como as comissões (take-rate), uma vez que a companhia já havia apresentado uma prévia operacional com bons números de Ativos sob Custódia (Auc).

Os principais destaques positivos foram: (i) crescimento anual de 55 por cento na receita líquida; (ii) o total de ativos sob custódia, que fechou o trimestre em 563 bilhões de reais (o que já havia sido divulgado na prévia); (iii) o lucro líquido, que veio bem acima do projetado pela companhia e com margem quase 10 pontos percentuais acima da sua projeção quando foi realizado seu IPO pelo segundo trimestre consecutivo e  (iv) a adição de mais 503 novos agentes autônomos no trimestre, um recorde para companhia.

Já os números que não apresentaram melhora vieram das comissões sobre a receita (revenue yield ou take rate) dos últimos 12 meses, que fechou o trimestre em 1,2 por cento e estável na comparação com o ano anterior, porém inferior aos 1,4 por cento apresentados ao segundo trimestre, e do indicador de NPS (Net Promoter Score), que fechou o período em 70 pontos, 1 ponto abaixo do 2T20. O NPS mede a satisfação dos clientes com o serviço prestado por determinada empresa.

Os números apresentados foram bons, mas isso em grande parte já era esperado da XP. Por conta disso, esperamos impacto levemente positivo no preço das suas ações (XP) negociadas na Nasdaq na sessão desta quarta-feira (12).

No ano as ações da XP Inc (XP) acumulam valorização aproximada de 49 por cento em reais, desempenho bem acima do Ibovespa, que recua 12,6 por cento no ano.

A captação média mensal do terceiro trimestre de 2020 foi de 13 bilhões de reais, acima da faixa projetada da companhia no IPO, entre 10 e 12 bilhões de reais. Nos últimos 12 meses a captação ficou em 195 bilhões de reais, com uma média de 11 bilhões de reais por mês.

A XP atingiu a marca de 563 bilhões de reais ativos sob custódia (AuC) no final do 3T20, crescimento de 61 por cento na comparação anual e acima das nossas expectativas, porém já precificado pelo mercado uma vez que esse número foi divulgado em sua prévia operacional.

Por fim o lucro líquido ajustado no período foi de 570 milhões de reais, crescimento de 119 por cento na comparação com o 3T19 e 1 por cento acima do trimestre passado. o crescimento acima da receita se deu principalmente por uma diminuição de 17,3 pontos percentuais nos impostos pagos.

Com isso a margem líquida foi de 29,4 por cento, cerca de 8 pontos percentuais acima do que a XP havia projetado quando realizou o seu IPO. Além do crescimento das receitas acima do crescimento dos custos, a taxa efetiva de imposto segue reduzida devido à baixa tributação sobre os recursos líquidos captados no IPO.

Os catalisadores das ações da XP são a taxa de crescimento dos ativos sob custódia (AuC), manutenção das comissões sobre receita (revenue yield/take rate) em níveis elevados e o sucesso no novo modelo de cobrança das contas dos clientes junto aos agentes autônomos.

* Este conteúdo faz parte do nosso boletim diário: ‘E Eu Com Isso?’. Todos os dias, o time de analistas da Levante prepara as notícias e análises que impactam seus investimentos. Clique aqui para receber informações sobre o mercado financeiro em primeira mão.

O conteúdo foi útil para você? Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Recomendado para você

Logo Gestora Pátria
E eu com isso

Gestora Pátria avalia IPO

Uma das maiores gestoras de Private Equity brasileiro, o Pátria, avalia uma abertura de capital (IPO) na B3. A listagem seria um meio de saída

Read More »
E eu com isso

 O avanço das vacinas

Gradualmente, o que era uma esperança transforma-se em realidade, e a perspectiva de uma vacinação em massa contra do coronavírus passa a ficar mais próxima.

Read More »
E eu com isso

Leilão da CEB

Na sexta-feira (04) vai ocorrer o leilão para privatização da Companhia Energética de Brasília, também conhecida como CE. Nele será vendida a subsidiária CEB-D, responsável

Read More »
E eu com isso

Reeleição no Congresso

Conforme previsto, foi só as eleições municipais chegarem ao fim para que Brasília voltasse suas atenções para as eleições das Mesas Diretoras da Câmara e

Read More »

Ajudamos você a investir melhor, de forma simples​

Inscreva-se para receber as principais notícias do mercado financeiro pela manhã.

Fechar Menu

Fechar Painel